quinta-feira, 20 janeiro 2022
InícioEconomiaempregoIBGE oferece vagas de até R$ 3 mil com início no 1º...

IBGE oferece vagas de até R$ 3 mil com início no 1º semestre de 2022

São mais de 7,7 mil oportunidades de trabalho em Santa Catarina ligadas ao Censo Demográfico.

O IBGE está oferecendo, em três processos seletivos simplificados, 7.735 vagas de trabalho em Santa Catarina, trazendo a oportunidade de se garantir um emprego ainda no primeiro semestre de 2022.

As vagas são para atuar no Censo Demográfico 2022 e pagam salários que, com os benefícios, variam de um pouco mais de R$ 2 mil a aproximadamente R$ 3 mil líquidos por mês.

Estão abertas vagas para recenseador, para ACM (agente censitário municipal), ACS (agente censitário supervisor) e ACAI (agente censitário de administração e informática).

Os processos seletivos abertos têm diversas vantagens:

  • Há vagas para recenseador em todos os 295 municípios de Santa Catarina.
  • Os recenseadores muitas vezes atuam nas proximidades de onde moram.
  • Para ACM e ACS, outros cargos disponíveis, há vagas em 205 municípios catarinenses.
  • O IBGE, um órgão federal com 85 anos, é uma experiência relevante no currículo.
  • Nas provas o candidato só depende de si mesmo e é avaliado objetivamente.
  • Materiais de estudo de parte do conteúdo estão disponíveis grátis nos sites das inscrições.

As 7.735 vagas estão distribuídas da seguinte forma:

Função Recenseador ACM ACS ACAI
Vagas em Santa Catarina 6.761 244 658 72
Total de cidades de SC com vagas 295 205 203 49

 

As vagas acima serão preenchidas com três provas diferentes: para recenseador; para ACM e ACS; e para ACAI. No caso dos ACM e ACS, a inscrição e a prova são as mesmas: os candidatos mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de agente censitário municipal.

O tempo de trabalho previsto, no caso do recenseador, é de até três meses.

No caso das outras três funções, a previsão do contrato temporário é de até cinco meses. Acesse a página de cada inscrição e do edital: recenseador, ACM e ACS, ACAI. Nos links é possível ver quantas vagas de cada função há por município e quais os municípios de Santa Catarina que oferecem vagas (no caso dos recenseadores, todos oferecem).

Recenseador recebe por produção; ganho de agente censitário municipal é próximo de R$ 3 mil.

O recenseador recebe por produção. O IBGE tem um simulador online que estima o salário com base no município de atuação e nas horas semanais trabalhadas, que são flexíveis (é esperado, no entanto, um mínimo de 25 horas de trabalho por semana).

Em Joinville, por exemplo, o salário estimado para 40 horas semanais de trabalho é R$ 2,3 mil, e para 25 horas, R$ 1,4 mil. A esses valores deve ser acrescentado o 13º salário, que é proporcional ao período trabalhado e baseado na média de remuneração do tempo em que se atuou.

No caso do ACM, a remuneração é de R$ 2.100, mas na prática o valor líquido recebido mensalmente fica em torno de R$ 3 mil. Isso se deve aos benefícios inclusos no contrato.

Se há, por um lado, desconto do INSS sobre o valor bruto, por outro lado há os acréscimos dos auxílios alimentação e transporte, do 13 e das férias proporcionais aos meses trabalhados. Caso um ACM trabalhe por cinco meses, ele terá recebido R$ 2.898 mensais’.

Se tiver dependentes de até 6 anos incompletos, receberá ainda R$ 305 ao mês referente cada um deles. No caso dos ACS e dos ACAI, que têm remuneração de R$ 1.700, o valor mensal recebido após cinco meses de trabalho é R$ 2.475². O acréscimo por dependentes também se aplica a essas funções.

13 cidades catarinenses tem mais de 100 vagas para recenseadores

Os quadros de distribuição das vagas de recenseadores, ACM e ACS por cidade estão disponíveis para consulta no site da FGV, empresa organizadora dos processos seletivos. Em 13 cidades catarinenses há mais de cem vagas para recenseador. Lideram a lista Joinville, com 542; Florianópolis, com 508; Blumenau, com 312; São José, com 238; e Itajaí, com 211. O processo seletivo de ACAI, por sua vez, será realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). As inscrições são feitas no site do instituto.

É importante ressaltar que após o cancelamento, em outubro, do processo seletivo simplificado 2021, novas inscrições devem ser feitas. A devolução da taxa de quem se inscreveu no processo anterior pode ser solicitada no Portal do IBGE. O valor será restituído em até 40 dias após a solicitação. A orientação vale também para ressarcimento aos inscritos na seleção do Censo 2020.

Recenseador visita domicílios, ACM gerencia posto de coleta e ACS supervisiona recenseadores

Os recenseadores são os profissionais que visitam todos os domicílios do país, entrevistando seus moradores. O agente censitário municipal gerencia o posto de coleta e fica à frente de ações administrativas (ligadas ao controle e à gestão dos recursos humanos e materiais) e técnico operacionais (gerenciamento dos recenseadores e ACS, orientação da coleta de dados).

O agente censitário supervisor, por sua vez, tem como principal função acompanhar, avaliar e orientar os recenseadores durante o trabalho de campo.

O agente censitário de administração e informática, por fim, colabora na organização e na administração dos postos de coleta e auxilia a Coordenação Estadual de Informática, entre outras atribuições que podem ser conferidas na íntegra no edital do processo seletivo.

As informações foram divulgadas pela Unidade Estadual IBGE em Santa Catarina.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS