quarta-feira, 28 julho 2021
InícioVale do ItajaíGasparHospital de Gaspar dobra capacidade de armazenamento de oxigênio

Hospital de Gaspar dobra capacidade de armazenamento de oxigênio

Para realizar a troca dos equipamentos, foi necessário o apoio de dois caminhões e guindastes, além do atendimento de uma equipe especializada.

Nesta quarta-feira (17/03/21), quem passou pelo Morro do Hospital notou uma movimentação diferente logo pela manhã. Isso se deu por conta da substituição do reservatório de oxigênio do Hospital de Gaspar. Para realizar a troca dos equipamentos, foi necessário o apoio de dois caminhões e guindastes, além do atendimento de uma equipe especializada.

O novo reservatório irá proporcionar mais segurança aos pacientes que estão internados na UTI-COVID. Além da substituição do reservatório, o Hospital de Gaspar também adquiriu mais medicamentos, materiais e insumos para a UTI para garantir o pleno atendimento aos pacientes.

O esforço da ultima semana na busca por materiais utilizados no combate ao COVID-19 não é à toa. O novo pico de infecções trouxe consigo a preocupação em garantir os insumos necessários para o atendimento, para que Gaspar não repita cenas como a do Amazonas quando enfrentou a falta de oxigênio liquido.

Dos 20 leitos de UTI-COVID, 17 estão ocupados e cinco pessoas seguem na clínica Covid com quadro intermediário de saúde. O Hospital de Gaspar e seus profissionais seguem atuando acima da capacidade instalada para atender toda a demanda. Porém, caso os números de casos ativos e novas infecções não caia, se torna praticamente impossível atender todos que irão necessitar de UTI em um futuro breve.

“Desde que soubemos que enfrentaríamos o momento mais difícil dessa pandemia, nós iniciamos os preparativos para garantir o atendimento a todos os gasparenses. Com muito esforço e dedicação, entregamos mais 10 leitos de UTI nesta semana. Agora, estamos reforçando nosso estoque de medicamentos, insumos e materiais para proporcionar aos nossos profissionais de saúde as garantias necessárias para que desenvolvam o seu trabalho e sigam salvando vidas”, disse Fabiana Massari, diretora administrativa do Hospital de Gaspar.

Com os números cada vez maior de pessoas necessitando de suporte à vida na Unidade de Tratamento Intensivo, a direção do hospital, juntamente com a presidência da comissão interventora, cobra o apoio da população às medidas de enfrentamento ao COVID-19.

“A Prefeitura de Gaspar está fazendo a sua parte, a direção do Hospital de Gaspar está fazendo a sua parte, os profissionais de saúde também estão fazendo, como heróis que são, porém nada disso será suficiente se as pessoas não fizeram aparte delas. Em breve poderemos ter que escolher quem irá para UTI e quem não irá caso nada mude. Por isso é fundamental seguir as orientações de saúde e evitar ao máximo locais com grande fluxo de pessoa e aglomerações”, reforça Jorge Pereira, presidente da Comissão Interventora do Hospital.

A direção do hospital reforça e pede mais uma vez: se cuide, use mascará, higienize sempre as mãos e evite aglomerações. A vida e a saúde de todos nós dependem da gente.

Fonte: Prefeitura de Gaspar

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS