segunda-feira, 27 setembro 2021
InícioSegurançaViolência domésticaHomem viciado em drogas é preso após ameaçar companheira grávida, em Indaial...

Homem viciado em drogas é preso após ameaçar companheira grávida, em Indaial (SC)

Ele arrombou a porta da casa, quebrou objetos e desrespeitou os policiais, que quando chegaram o encontraram assando carne e tomando cerveja.

A Polícia Militar foi acionada às 13h deste domingo (12/09/21) para verificar uma ocorrência de agressão familiar na Rua Miracema, no bairro Tapajós, em Indaial (SC). Quando a guarnição chegou ao local, encontrou a vítima, uma mulher de 37 anos, chorando e bastante nervosa.

Ela disse que seu companheiro é usuário de cocaína e crack, estava bastante agressivo e a teria xingado de vagabunda e outras palavras de baixo calão. Além disso, jogou cerveja no seu rosto, apertou o pescoço e ameaçou quebrar uma caixa de som na sua cabeça. Todas essas ameaças foram feitas na frente das duas filhas.

A mulher aproveitou o momento em que ele estava do lado de fora da casa e fechou a porta.  Mas o homem arrombou a porta, que ficou danificada assim como o caixilho. A vítima também relatou que o homem quebrou um roteador de internet e estava mantendo as três alimentadas somente com pão e linguiça.

Mas quando os policiais chegaram, ele estava na varanda assando carne e tomando cerveja na companhia de outro homem. Ao ser questionado sobre os fatos, ele negou tudo e tratou a guarnição com arrogância e descaso. Ele chegou a tirar a camisa e estava escolhendo onde iria sentar na viatura, momento em que foi algemado.

O homem de 38 anos recebeu voz de prisão e foi conduzido junto com a companheira e as suas duas filhas até a Delegacia de Polícia Civil de Indaial. Durante o trajeto, ele se mostrava bastante agitado e ficava perguntando para a companheira se tinha certeza do que ela estava fazendo.

Os policiais o advertiram várias vezes sobre as ameaças. Na delegacia, foram realizados os procedimentos legais dentro da Lei Maria da Penha, relativa aos crimes de violência doméstica.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS