sábado, 29 janeiro 2022
InícioTrânsitoEmbriaguezHomem embriagado é preso após agredir companheira e filho, em Blumenau

Homem embriagado é preso após agredir companheira e filho, em Blumenau

A abordagem aconteceu na madrugada desta terça-feira (14/12) depois que os policiais militares ouviram gritos dentro da casa.

A Polícia Militar foi acionada à 1h18 desta terça-feira (14/12/21) para atender uma ocorrência na Rua Gustavo Budag, no bairro Velha, em Blumenau. Ao chegar na frente da residência, a guarnição ouviu o grito de uma criança pedindo para alguém parar, assim como um homem dizendo: “porque você sempre fica ao lado da sua mãe?”.

Os policiais entraram na residência e um menino veio correndo e se posicionou atrás deles. Logo em seguida, veio um homem de 30 anos da cozinha, que foi abordado pela guarnição para realizar busca pessoal, receando que pudesse estar com algum objeto que causasse ferimento.

Muito agitado, ele não acatava a ordem dos policiais, que acabaram imobilizando-o com o uso de algemas. Em seguida surgiu a mãe da criança de 7 anos. Segundo PM, ela disse que o companheiro chegou bêbado de uma confraternização, começou a gritar dizendo para que ela saísse de casa. Logo depois desferiu um chute e acertou a nuca da companheira, empurrou-a contra a parede, deu tapas e a enforcou.

O barulho acabou acordando a criança, que tentou defender a mãe. O menino disse que o pai o pegou pelo pescoço e também tentou enforcá-lo. Ao ser questionado pela guarnição sobre o que estava acontecendo, o homem apenas se limitou a dizer que queria ir preso e não tinha nada a declarar. Ele não apresentava lesões aparentes e estava visivelmente embriagado. A mulher e a criança, também não apresentavam ferimentos visíveis.

O homem recebeu voz de prisão por lesão corporal leve, dentro da lei Maria da Penha, foi conduzido para para realizar o exame de corpo delito no Instituto Geral de Perícias (IGP). Em seguida, foi conduzido à Central de Polícia Civil para que fossem tomadas as medidas legais.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS