quarta-feira, 20 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Geral Homem aluga casa que não é sua e cobra parte do aluguel...
- Propaganda -

Homem aluga casa que não é sua e cobra parte do aluguel adiantado, em Timbó (SC)

O imóvel foi oferecido em uma página do Facebook em dezembro e o golpe só foi descoberto nesta segunda (4/01).

07:32

Um homem interessado em alugar uma casa, encontrou um imóvel através duma publicação do Facebook no dia 30 de dezembro de 2020. O suposto proprietário disse que o valor para locação seria de R$ 800.

As duas partes interessadas marcaram um encontro para ver a residência localizada na Rua São Bento, no bairro Quintino, em Timbó (SC). Ambos firmaram um acordo verbal e foi realizado um adiantamento de R$ 600.

No dia seguinte, o suposto proprietário veio cobrar os outros R$ 200, e disse em 6 de janeiro, o imóvel estaria disponível para receber os inquilinos. Na segunda-feira (4/01/21), o homem que havia adiantado o aluguel tentou entrar em contato com o suposto proprietário, mas percebeu que seu número de celular estava bloqueado.

No mesmo dia ele acabou descobrindo que a casa não pertencia àquela pessoa e lhe foi oferecida um imóvel de terceiros, o que configura crime de estelionato. A vítima acionou a Polícia Militar e foi registrado um boletim de ocorrência.

O verdadeiro proprietário foi informado do golpe para que tomasse as providências legais. A Polícia Civil deve investigar o crime.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS

Vídeo: rio Itajaí-Açu passa dos 5 metros e ameaça carro estacionado no Centro de Blumenau

Com isso chega ao nível de atenção. Desde a zero hora até às 13h desta quinta-feira (17/12) o volume de água dobrou.

Jovem de 25 anos morre afogado no rio Encano, em Indaial (SC)

Os Bombeiros Voluntários foram acionados às 16h19 desta sexta-feira (25/12) e chegaram a levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu.

Mais de 10 corpos foram resgatados sem vida na tragédia de Presidente Getúlio (SC)

Um deles é de uma criança com idade entre 4 e 5 anos. As vítimas estavam entre escombros após serem levadas pela correnteza durante a enxurrada.

Portaria fixa novas regras para pagamento de pensões por morte

Medida define os períodos de término do benefício de acordo com a idade.