quarta-feira, 1 dezembro 2021
InícioGeralHipertensão Pulmonar: doença desconhecida pela maioria da população brasileira

Hipertensão Pulmonar: doença desconhecida pela maioria da população brasileira

 

 

Quando falamos em hipertensão, é comum lembrarmos do excesso de sal no organismo e em consequências como infarto ou derrame. Porém, existe um tipo de hipertensão que pouca gente conhece e que afeta consideravelmente a qualidade de vida dos pacientes: a pulmonar.

No dia 15 de novembro, é comemorado o Dia Mundial da Hipertensão Pulmonar. Silenciosa e perigosa, a doença pode apresentar sintomas como a falta de ar e o cansaço extremo, e, na maioria dos casos, o diagnóstico tardio.

Ela resulta de uma série de alterações das artérias responsáveis por levar o sangue até os pulmões. Com isso, ocorre uma elevação na pressão arterial dos pulmões e uma dilatação do coração que, com o tempo, acaba sobrecarregando o coração, causando falta de ar durante atividades do dia a dia, cansaço e tontura, entre outros sintomas. Em casos mais graves, pode haver necessidade de internação e de transplante pulmonar.

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Amigos e Familiares de Portadores de Hipertensão Arterial Pulmonar (ABRAF) em parceria com a Indústria Farmacêutica Bayer, aponta que cerca de 76% dos brasileiros desconhecem a doença. E que em caso de suspeita por causa de certos indícios, menos da metade procuram um pneumologista.

Segundo o pneumologista do Hospital Dia do Pulmão de Blumenau (SC), Dr. Ricardo Albaneze, a detecção precoce é realmente um dos grandes desafios da doença. “Por ser tratar de uma enfermidade rara, em que os sintomas podem se confundir com o de outras doenças, muitas pessoas ignoram a existência desta enfermidade”, afirma o pneumologista.

O médico alerta que existem alguns fatores de risco para o surgimento da hipertensão pulmonar, como malformações cardíacas, uso de determinados remédios para emagrecer, doenças reumatológicas ou hepáticas, infecção pelo HIV, além de características genéticas.

Quais os sinais e sintomas de HAP?

O pneumologista ressalta que os sintomas geralmente não se tornam aparentes até que a doença pulmonar esteja avançada. Pacientes que possuem a doença, podem apresentar fadiga, dificuldade respiratória progressiva ao esforço, e em fases mais avançadas da doença, dor torácica, vertigem e tontura ao esforço e síncope evidente.

Com é diagnosticado?

“A doença geralmente não é diagnosticada imediatamente, já que a maioria de seus sinais e sintomas são semelhantes aos de outras condições que afetam o coração e os pulmões, como a asma ou a doença cardíaca coronariana”, afirma Dr. Albaneze.

O tempo do início dos sintomas ao diagnóstico é de aproximadamente dois anos. Vários testes podem ser utilizados para auxiliar o diagnóstico e a exclusão de outras doenças, incluindo:

  • Teste de função pulmonar;
  • Exame de cintilografia perfusão-ventilação pulmonar;
  • Eletrocardiograma;
  • Ecocardiograma;
  • Exames de sangue;
  • Raio x torácico;
  • Tomografia;

O teste definitivo para a hipertensão pulmonar é a cateterização cardíaca direta com medidas hemodinâmicas, que confirmam a doença.

Quem sofre a doença?

A doença pode afetar todos os grupos de idade e ambos os sexos, porém, é mais comum em mulheres jovens com idade entre 20 e 40 anos.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS