quinta-feira, 28 outubro 2021
InícioEventosGrupo de apoio a pessoas com medo de dirigir quer evitar acidentes...

Grupo de apoio a pessoas com medo de dirigir quer evitar acidentes por imperícia

Grupo-apoio-acidentes_13-02-16_01

 

Texto: Márcia Pontes

Demorou para sair do papel, mas veio para ficar. É assim que o Grupo de Apoio a pessoas com medo de dirigir e outras dificuldades para evitar acidentes por imperícia marcou a sua primeira reunião quinzenal neste sábado (13/02/16), no Parque Ramiro Ruediger. Em meio às rodas de conversa, dinâmicas de grupo, atividades de dessensibilização sistemática e troca de experiências sobre as dificuldades de cada um para dirigir com segurança em Blumenau, descobrimos mais um fato importante: o colapso no transporte coletivo de Blumenau está agravando a situação de quem tem medo de dirigir e potencializando os riscos de acidentes por imperícia.

 

Grupo-apoio-acidentes_13-02-16_04

 

Para muitas pessoas pode parecer frescura, mas o medo de dirigir atinge cerca de 80% das mulheres e 20% dos homens. Nem todo medo de dirigir é realmente medo: pode ser resultado da péssima formação dada aos condutores por um sistema de formação que não forma e só instrui e adestra para passar na prova do Detran; ou, o pior: resultado de alguma experiência negativa ou acidente por imperícia.

Cobrar, pressionar, ofender, humilhar e fazer piadas não resolve o problema e só deixa a pessoa com medo de dirigir ainda mais inferiorizada. Exigir que a pessoa pegue o veículo e vá para o trânsito é um desserviço duplo que coloca em risco a própria integridade de quem você ama e a das outras pessoas no trânsito. Como nem todos podem pagar ou confiam nas ofertas de soluções comerciais para o problema, o grupo de apoio oferece essa ajuda especializada de graça à pessoa com medo de dirigir e suas famílias. Em breve, o grupo terá o apoio das universidades, professores e estagiários dos cursos de Psicologia para atendimento e acompanhamento psicológico gratuito a pessoas com medo de dirigir e vítimas de acidentes de trânsito e suas famílias.

 

Grupo-apoio-acidentes_13-02-16_05

 

Desde que a cidade ficou sem ônibus por uma semana e com dificuldades recorrentes de atrasos constantes, faltas de linhas antes existentes, superlotação e uma frota que se revela sucateada e em péssimo estado de conservação, muita gente que tem medo de dirigir e, inclusive, se envolveu em acidentes por imperícia, está retirando novamente os carros da garagem. O problema é que estão indo para o trânsito dirigir sem perícia, sem total domínio emocional e técnico para conduzir um veículo com segurança.

Muito do que tem causado este fenômeno no já tumultuado trânsito de Blumenau é a insistência de maridos, esposas, outros familiares, amigos, colegas de trabalho e até patrões dessas pessoas para que dirijam seus próprios veículos. Com o medo de dirigir e desde o último acidente, esses condutores e condutoras tomaram a decisão de não pegar mais o carro, que passou a ficar parado nas garagens de casa para não exporem a si e aos outros em risco. Só que a pressão e a necessidade para dirigir têm sido maiores, e com eles, os riscos de um novo acidente por imperícia.
Para não chegar atrasado em compromissos, no trabalho ou em consultas médicas agendadas há meses e até mais de um ano, as pessoas com medo e outras dificuldades estão querendo dirigir na marra! O resultado? Não poderia ser diferente: carro que morre o tempo todo, buzinadas que não resolvem e só aumentam o nervosismo, insegurança, não saber o que fazer no trânsito quando precisam reduzir ou quando o carro precisa parar de andar em linha reta, e o pior…. acidentes de trânsito.

 

Grupo de apoio gratuito

O grupo de apoio a pessoas com medo de dirigir para evitar acidentes por imperícia é um sonho realizado. Pelo menos, para mim, esta educadora de trânsito que vos escreve, sempre inquieta, nada conformada e sempre em busca de soluções para os problemas de trânsito e mobilidade em nossa Blumenau. Não é de hoje que pesquiso, estudo e acompanho a situação de condutores recém-habilitados, habilitados que não dirigem e o próprio processo de formação de condutores no país, com 3 livros publicados, outro no prelo e interatividade com pessoas com medo de dirigir em mais de 169 países.

Para participar, basta que a pessoa com medo de dirigir e outras dificuldades compareça a cada 15 dias no Parque Ramiro Ruediger, onde o grupo se reúne. É tudo gratuito, as pessoas vão chegando, se identificando e aumentando a roda. Cada um se apresenta, nos conhecemos, conversamos sobre nossa história e nossas dificuldades com o medo de dirigir. Todos se acolhem, se aceitam e identificam-se cada um em algum ponto d história do outro com o medo de dirigir. São feitas dinâmicas de grupo, atividades de dessensibilização sistemática para o enfrentamento orientado e responsável do medo de dirigir e sobre lidar com as críticas, pressões e cobranças de si próprio e dos outros para dirigir.

Nas próximas reuniões haverá palestra gratuita e além de todo o acolhimento, aceitação, orientação e ajuda, as pessoas com medo e outras dificuldades para dirigir serão orientadas pelos fundamentos do ensino e aprendizagem significativa e preventiva da direção veicular, legislação de trânsito, autocuidados e conteúdos exclusivos de condutas preventivas no trânsito. O foco de tudo isto é resgatar a autoestima, a independência, a liberdade e autonomia para dirigir com segurança emocional, prática e com responsabilidade.

Por enquanto o grupo ainda não oferece aulas práticas gratuitas e tudo vai depender dos patrocínios e apoio de profissionais e empresas interessadas em somar à esta iniciativa e associar seu nome e sua marca ao compromisso e responsabilidade social para um trânsito seguro.

Enquanto o próximo encontro presencial não chega, todos interagem e recebem ajuda pelo grupo virtual, no whatsapp, só para pessoas de Blumenau e região pelo telefone (47) 9936-8404.

Todas as pessoas com medo e outras dificuldades para dirigir, bem como suas famílias, estão convidadas para os encontros quinzenais do grupo de apoio. O próximo será no dia 27 de fevereiro, às 19h, no Parque Ramiro Ruediger e dispensa inscrição prévia: é só chegar. O ponto de encontro é na entrada principal do parque, de fronte para a rua Alberto Stein. Profissionais da área de Psicologia que queiram contribuir voluntariamente de acordo com as regras do grupo são bem-vindos.

O grupo de apoio a pessoas com medo e outras dificuldades para dirigir tem o apoio do Movimento Internacional Maio Amarelo, em atenção à vida e para prevenir e evitar acidentes.

 

Sorteio do livro Acolhimento Emocional para Vencer o Medo de Dirigir, de minha autoria (Márcia Pontes)
Sorteio do livro Acolhimento Emocional para Vencer o Medo de Dirigir, de minha autoria (Márcia Pontes)

 

Sorteio do livro Aprendendo a Dirigir, de minha autoria (Márcia Pontes)
Sorteio do livro Aprendendo a Dirigir, de minha autoria (Márcia Pontes)

 

Sorteio do Manual de Treinos para C27ontrole dos Pedais, de minha autoria (Márcia Pontes)
Sorteio do Manual de Treinos para C27ontrole dos Pedais, de minha autoria (Márcia Pontes)

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS