quarta-feira, 1 dezembro 2021
InícioEconomiaGoverno Federal anuncia financiamento para garantir pagamento de salários por dois meses

Governo Federal anuncia financiamento para garantir pagamento de salários por dois meses

 

 

 

 

Na manhã desta sexta-feira (27/03/20), o Governo Federal anunciou uma série de medidas para ajudar a economia neste momento de pandemia do Covid-19. Será uma linha de crédito emergencial de R$ 40 bilhões destinada a pequenas e médias empresas para ajudar no pagamento dos salários por dois meses.

O financiamento ficará limitado a dois salários mínimos, ou seja, R$ 2.078 por funcionário.  O resto ficará a cargo da empresa completar, mas já ajuda a enfrentar esse momento econômico que atinge todos.  A expectativa é beneficiar 12,2 milhões de pessoas que trabalham em 1,4 milhão de pequenas e médias empresas.

Ao contratar a linha de crédito, as empresas assumem o compromisso de não demitir funcionários durante esses dois meses. O dinheiro será depositado direto na folha de pagamento do colaborador.

O financiamento estará disponível para empresas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano, que terão carência de 6 meses e 36 para pagar o empréstimo. O dinheiro será exclusivo para folha de pagamento e os juros serão de 3,75% ao ano.

Ontem (26) a Câmara do Deputados aprovou projeto que fixa pagamento de auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais por três meses.  Ainda estão sendo estudadas medidas para auxiliar as microempresas com rendimento abaixo do piso de R$ 360 mil do financiamento anunciado hoje (27).

A operação do programa será feita em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e bancos privados. O presidente do BNDES disse que 85% desses R$ 40 bilhões virão do Tesouro Nacional e outros R$ 15% de bancos privados. Ficará a cargo deles assinar os contratos com as empresas e repassar o dinheiro do financiamento direto para as contas dos trabalhadores.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS