domingo, 24 outubro 2021
InícioGeralGovernador anuncia o repasse de R$ 10 milhões para melhorias nas rodovias

Governador anuncia o repasse de R$ 10 milhões para melhorias nas rodovias

Raimundo-Colombro_secretarios_31-7-15_01

O governador Raimundo Colombo reuniu nesta sexta-feira, 31, os 36 secretários regionais, em Florianópolis, e anunciou o repasse de R$ 10 milhões para operação de melhorias nas rodovias em todas as regiões catarinenses.

Os recursos serão divididos de acordo com as necessidades de cada local. As regionais, que passam a ser as responsáveis pelas obras, já podem começar os processos licitatórios. “Estamos fazendo um trabalho em todas as secretarias regionais de eficiência administrativa e com alguns focos, e um deles é essa operação. As chuvas intensas, prolongadas causaram muitos estragos, e isso não pode ser deixado de lado. O dinheiro já está disponível”, disse Colombo.

Raimundo-Colombro_secretarios_31-7-15_03

O secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, informou que a partir de agora a manutenção de rotina das rodovias será de responsabilidade das Secretarias Regionais, já a intervenções mais complexas continuam aos cuidados do Deinfra. “Isso permite que o serviço seja feito por quem está mais próximo, para que haja rapidez nas ações e para que tenham um custo menor. Acredito que vamos ter uma operação mais eficiente. É uma efetivação da descentralização permitir que o serviço de ponta seja executado pelas SDRs. Quem vai ganhar com isso é a população e o Estado de Santa Catarina.”

Principais programas do Governo, obras em andamento, arrecadação do Estado, momento atual da economia brasileira, Rede Digital de Governo, ciclo de palestras realizadas nas regiões também foram alguns dos assuntos em destaque. “Temos que reagir, e para isso trabalhamos muito, precisamos corrigir e resolver problemas. Queremos agir de forma coordenada para que possamos ser um agente motivador. Vivemos um novo momento, é fundamental fortalecer o relacionamento com a população para debater decisões e metas que serão importantes para o futuro do Estado e para um melhor resultado das ações neste momento de superação da economia”, declarou Colombo.

O governador deu exemplos de como Santa Catarina está buscando estimular setores estratégicos da economia para minimizar os efeitos da crise, para que nenhum catarinense fique sem emprego. Colombo diz que é preciso exportar mais. “Não podemos ficar acomodados. Nós vamos continuar reagindo, por isso estamos desenvolvendo uma série de ações para potencializar o crescimento econômico. Não podemos deixar que a crise chegue a Santa Catarina. Quero o empenho de todos os integrantes do Governo na busca de fazer bem o dever de casa, em prol de benefícios da população,” explicou o governador.

SC e os desafios econômicos

O secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni,destacou que mesmo Santa Catarina sendo um Estado que demonstra equilíbrio nas contas públicas, o objetivo do Governo é manter o alinhamento dos gestores públicos em um ambiente de desafios políticos e econômicos vividos no momento atual.

“O cenário nacional está muito difícil para o Brasil e para muitos estados. E nesse cenário conturbado, Santa Catarina tem se destacado pela sua regularidade e competência no trato dos assuntos públicos e na disciplina fiscal, que é fazer com que as despesas caibam dentro de suas receitas. O Estado mostra competência, dedicação, responsabilidade e consegue se distanciar das crises. Também buscamos promover o desenvolvimento da economia catarinense, seja pelos programas, seja pelas parcerias. Santa Catarina vai bem, estamos atentos para o ano de crise, mas continuamos dedicados para fazer um governo competente”, observou Gavazzoni.

Sobre a operação tapa buracos, o secretário da Infraestrutura, João Carlos Ecker, salientou que a ação é muito importante e vem no momento certo. “Os secretários regionais saem dessa reunião com a certeza de que o Governo do Estado está criando uma solução importante para que possamos melhorar as rodovias. Isso garante o desenvolvimento dos locais”, ressaltou Ecker.

“A atribuição é da SDR, mas a responsabilidade é de todos nós. Queremos fazer um grande trabalho, e faremos com a ajuda de todos”, concluiu o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini.

Também participaram os secretários de Estado da Comunicação, Walter Bier, adjunto da Comunicação e diretor de Novas Mídias, Guarany Pacheco, dos Assuntos Estratégicos, Geraldo Althoff e da Articulação Nacional, Acélio Casagrande. Os assessores de imprensa das Secretarias Regionais também estiveram presentes.

via SECOM / Blumenau

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS