segunda-feira, 20 setembro 2021
InícioSegurançaGolpista se apresenta como oficial da PM e consegue R$ 400 em...

Golpista se apresenta como oficial da PM e consegue R$ 400 em recarga de celular

Tudo começou com o pedido de lanches para uma lanchonete na noite desta quinta-feira (26/08) em Timbó (SC).

A Polícia Militar foi acionada às 23h56 desta quinta-feira (26/08/21) para atender uma ocorrência de estelionato na Rua Colômbia, no bairro Imigrantes, em Timbó (SC). No local, conversou com um homem de 27 anos, que se apresentou como gerente de uma lanchonete.

Ele relatou que recebeu uma ligação por volta das 22h47, em que um homem fazia o pedido para quatro lanches e um refrigerante. A pessoa do outro lado da linha se identificava como “Tenente Farias”, da Polícia Militar, e solicitou que a entrega fosse feita no endereço do quartel.

O suposto cliente pediu o número do celular do entregador porque precisava lhe passar uma senha para que o pedido fosse entregue. Em seguida recebeu uma nova ligação, desta vez de outro número, em que uma voz masculina se identificava novamente como o Tenente Coronel Farias.

O homem pediu para que o entregador se dirigisse rapidamente a um local, em que fosse possível realizar recargas para celular, porque estavam sem internet no quartel. Sem desconfiar, ele foi até um posto de combustíveis, onde efetuou as recargas que somavam total de R$ 400,00 para os números: 67 991741968 – 67 981869569 – 67 981749647.

Depois disso, o suposto oficial disse que o entregador poderia se deslocar ao quartel para deixar os lanches. Mas quando chegou ao local indicado para entregar o pedido, não havia ninguém, momento em que percebeu que havia caído em um golpe.

Os comprovantes de recarga em débito e dinheiro foram apreendidos e imagens da tela com a conversa com o golpista, foram anexados ao registro do boletim de ocorrência. A Polícia Civil deve investigar o caso, mas já fica o aviso ao comércio em geral sobre esse golpe e suas possíveis variantes .

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS