quarta-feira, 20 outubro 2021
InícioEconomiaGás, serviços de recreação e domésticos são os que mais aumentaram de...

Gás, serviços de recreação e domésticos são os que mais aumentaram de preço em Blumenau

Os dados são referentes ao Índice de Variação Geral de Preços (IVGP) de janeiro, calculado pelo departamento de economia da FURB.

Não houve baixas de preços no mês de janeiro em Blumenau, apurou o Índice de Variação Geral de Preços (IVGP), calculado pela FURB. A variação calculada no primeiro mês 2021 foi de +1,42%, muito acima da esperada que era entre +0,10% e +0,60%

A acumulada nos últimos 12 meses ficou em +6,58%. Dos 511 itens pesquisados, organizados em 25 subgrupos, 18 subgrupos registraram alta e 7 subgrupos permaneceram estáveis, enquanto nenhum subgrupo variou negativamente.

As altas de destaque do mês foram o gás (+8,89%), serviços de recreação (+7,24%), e serviços domésticos (+5,18%).

Em dezembro, a variação geral de preços foi de + 0,62% e 11 grupos registram alta de preços, 12 permaneceram estáveis e 2 tiveram variação negativa. O ano de 2020 fechou com inflação acumulada em 6,11%, acima do valor pessimista estimado em 5,54% pelo IVGP.

Para o professor do departamento de Economia da FURB, Jamis Piazza, as situações mais preocupantes para a economia neste início de 2021 são o desemprego e a não
continuidade do auxílio emergencial.

Ele explica que com a alta do desemprego no país o auxílio emergencial “foi uma ajuda que fez um movimento muito grande na economia de 2020. Até o momento não se tem uma perspectiva em relação à continuidade desse auxílio emergencial, que vai gerar uma queda muito grande no poder aquisitivo das pessoas que estão desempregadas”.

Acelerar a vacinação contra a Covid-19 pode ajudar, “o ritmo da vacinação compromete muito a retomada do crescimento econômico, que afetará os três setores e a vida de todos”, observa Piazza.

A expectativa para o próximo mês é de que a variação geral de preços no mês se mantenha dentro do intervalo +0,10% a +0,60%.

Fonte: Furb

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS