Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

FURB participa de uma pesquisa mundial de doença genética rara

 

 

 

 

 

A Universidade Regional de Blumenau (FURB) é um dos três centros de pesquisa do Brasil que estão participando de uma pesquisa clínica patrocinada por uma indústria farmacêutica irlandesa, a AMRYT Pharma. Em setembro foram divulgados os resultados da terceira fase da pesquisa sobre o medicamento Filsuvez. Essa nova pomada trata das feridas agudas e crônicas de pessoas com uma doença rara chamada epidermólise bolhosa.

As primeiras tratativas da pesquisa começaram em 2018. “Como nós temos na Universidade uma médica que atende diretamente pessoas com essa doença (epidermólise bolhosa) e fazemos parte da associação brasileira de epidermólise bolhosa, que dá apoio a essas pessoas, o patrocinador habilitou a Universidade a ser detentora desta pesquisa”, explica a enfermeira Kátrin Osti, que coordena o estudo na Policlínica da Universidade de Blumenau, junto da pesquisadora principal, Dra. Jeanine Aparecida Magno.

A epidermólise bolhosa é uma doença genética rara, que provoca a formação de bolhas na pele por conta de mínimos atritos ou traumas e se manifesta já no nascimento. Há uma alteração devido à fragilidade provocada pela alteração nas proteínas responsáveis pela união das camadas da pele, e essa alteração causa bolhas e feridas aos mínimos atritos. A FURB recebe pacientes voluntários do Paraná e de Santa Catarina para participarem da pesquisa e receberem o tratamento.

A divulgação dos resultados para a mídia da terceira fase da pesquisa, que compreende o teste em humanos, inclusive com a divulgação do seu nome comercial, comprova que o medicamento está no caminho certo. “O estudo chega à sua fase final em 2021, e levará o nome da Universidade de Blumenau aos patamares internacionais da pesquisa clínica quando seus dados puderem ser divulgados”, destaca Kátrin.

A pesquisa acontece em 210 países e no Brasil participam, além da FURB, universidades de São Paulo e Pernambuco.

Fonte: Furb 

 

Grupo Telegram
Grupo WhatsApp
Tags ,

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top