quinta-feira, 20 janeiro 2022
InícioGeralForças de segurança realizaram operação para fiscalizar armas de fogo

Forças de segurança realizaram operação para fiscalizar armas de fogo

 

Desde terça-feira (19/06/17), acontece em todo país a Operação Alta Pressão VI, que intensificou a fiscalização do comércio de armas de fogo e munições. As ações foram desencadeadas de forma simultânea por todo o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC), composto por integrantes do Exército, e Órgãos de Segurança e Ordem Pública (OSOP), além das agências de fiscalização fazendária.

 

 

Em Santa Catarina a operação envolveu 13 equipes distribuídas em 56 cidades, com o apoio da Polícia Militar e Receita Estadual.  No primeiro dia, foram vistoriadas 24 empresas, de um total de 70, meta atingida nesta sexta-feira (22). Ontem (21), foram autuadas mais de 10 empresas por problemas administrativos.

A fiscalização do comércio de produtos controlados assegura a correta destinação de armas e munições protegendo a sociedade. Em 2017, foram 21 autuações por irregularidades administrativas.

 

 

Elas reduzem o desvio de armas e munições que param no comércio ilegal. Na última operação, realizada em novembro de 2017, foram executadas 140 autuações e 3 prisões, sendo apreendidas 272 armas de fogo, 158.569 munições, 1.241 airsoft (armas de pressão), 97 Kg de pólvora, 18 lunetas e 3 miras laser.

Naquela ocasião, foram empregados 787 militares do Exército e 248 integrantes dos Órgãos de Ordem e Segurança Pública e agências governamentais. Foi percorrida uma distância de 84.328 quilômetros em todo território nacional, fiscalizando 708 estabelecimentos comerciais.

No âmbito da 5ª Região Militar (5ª RM), que fiscaliza os estados do Paraná e Santa Catarina, são quase 21 mil pessoas com Certificado de Registro de armas, e mais de 3300 empresas que trabalham com produtores controlados, entre elas armas e munições.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS