terça-feira, 19 outubro 2021
InícioEventosFamília se une há 18 anos com o objetivo de arrecadar recursos...

Família se une há 18 anos com o objetivo de arrecadar recursos para sua paróquia

Scharzsauer 17-7-15 (12)

Fotos e entrevista: Luciano Bernz

Schwarzsauer é uma sopa muito tradicional nas comunidades de origem alemã, que leva um ingrediente que sempre provoca reações diferentes. O sangue de marreco (ou outra ave) é acrescentado no final do preparo, junto com os miúdos e vários temperos. Quem prova, jura que é imperdível e uma delícia, como foi o caso do Luciano Bernz.

Na noite desta sexta-feira (17), o público pode apreciar mais uma vez a iguaria, junto com sopas de galinha e carne, além dos acompanhamentos de arroz, aipim e pão. O “Schwarzsauer & Buffet de Sopas” já acontece há 18 anos e todo valor arrecadado com a venda dos tickets (R$ 20), é destinado para melhorias na Igreja do Caminho, da Paróquia Evangélica Velha Central. O evento foi realizado no salão da igreja e ainda teve a venda de cucas.

A família Dickmann está por trás da organização que conta com a ajuda muitos amigos e voluntários. Desde a manhã, uma boa parte já estava envolvida nas tarefas. O evento teve ainda roda da fortuna com sorteio de vários brindes, além de música ao vivo. Alguns vereadores passaram por lá, onde também encontramos o nosso amigo e blogueiro Jaime Batista da Silva.

Para conhecer um pouco mais sobre esse tradicional evento, o Luciano conversou no início do evento com Norma Dickmann, mãe do amigo Ivo Alberto Dickmann Júnior, que nos convidou.

Scharzsauer 17-7-15 (24)
Norma Dickmann

OBlumenauense: Dona Norma, como começou a tradição do Schwarzsauer & Buffet de Sopas?

Norma Dickmann: Bem, eu sou da família Bachmann. Meu pai e minha mãe, Bertoldo e Guilhermina Bachmann, eram muito dedicados ao bairro, nossa comunidade, ao caça e tiro e o Colégio Hercílio Deeke. Quando minha mãe faleceu há 19 anos, os irmãos se sentiam inválidos – acho que essa é a palavra certa – porque quase não participávamos e nunca tínhamos tempo para nada.

Um dia à tarde, minha irmã falou para mim: “Vamos fazer um pequeno Schwarzsauer entre os irmãos. Você sabe cozinhar e faremos isso para arrecadar fundos para igreja”. Já faz 18 anos que nós estamos realizando o evento, e com muito sucesso.

OBlumenauense: Toda a verba arrecadada na noite do Schwarzsauer é revertida para a paróquia?

Norma Dickmann: Sim. Tudo que arrecadamos é investido aqui mesmo na paróquia. Este ano pretendemos fazer banheiros novos, principalmente para os deficientes físicos, que ainda não temos aqui.

Todas as luzes do pátio da igreja, foram colocadas com dinheiro arrecadado no Schwarzsauer & Buffet de Sopas. Nós esperamos que passem por aqui em torno de 500 pessoas.

OBlumenauense: Terá também a Roda da Fortuna. Esses prêmios foram doados?

Norma Dickmann: Sim. Teremos a Roda da Fortuna que fará até 30 rodadas. Todos os prêmios foram doados. São amigos que acreditam na gente e trazem os brindes para que possamos sorteá-los.

 

Scharzsauer 17-7-15 (23)

Scharzsauer 17-7-15 (3)

Scharzsauer 17-7-15 (1)
Panelão com Schwarzsauer

Scharzsauer 17-7-15 (2)

Scharzsauer 17-7-15 (4)

Scharzsauer 17-7-15 (5)

Scharzsauer 17-7-15 (17)

Scharzsauer 17-7-15 (10)

Scharzsauer 17-7-15 (11)

Scharzsauer 17-7-15 (20)

Scharzsauer 17-7-15 (16)

Scharzsauer 17-7-15 (15)

Scharzsauer 17-7-15 (14)

Scharzsauer 17-7-15 (8)

Scharzsauer 17-7-15 (22)

Scharzsauer 17-7-15 (21)

Scharzsauer 17-7-15 (18)
Jaime Batista da Silva, Ivo Alberto Dickmann Junior e Claus Jensen

Scharzsauer 17-7-15 (6)
Roda da fortuna

Scharzsauer 17-7-15 (7)
Brindes doados para a realização da Roda da Fortuna

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS