domingo, 28 novembro 2021
InícioSegurançaEx-colega de trabalho é suspeito de invadir casa de morador e tentar...

Ex-colega de trabalho é suspeito de invadir casa de morador e tentar matá-lo, em Indaial (SC)

O criminoso fugiu depois da esposa da vítima gritar por socorro. O crime aconteceu na noite deste domingo (7/11).

A Polícia Militar foi acionada às 21h29 deste domingo (7/11/21) para atender uma tentativa de homicídio na Rua Boa Esperança, no bairro Mulde, em Indaial (SC). Ao chegarem no endereço, não encontraram a vítima e conversaram com alguns vizinhos. Eles relataram ter ouvido gritos de socorro, e que momentos antes, um homem havia saído do imóvel com um automóvel Honda City prata.

Ao entrarem na casa, os policiais viram uma grande quantidade de sangue e decidiram ir até o Hospital Beatriz Ramos, onde conversaram com uma mulher de 28 anos. Ela disse que é esposa da vítima, um homem de 30 anos.

De acordo com seu relato, um homem foi até a sua casa à procura do marido e ficou chamando por ele insistentemente na frente da residência. Depois de uma breve discussão, o homem entrou na casa para chamá-la a se juntar na conversa, mas com medo dele, a mulher trancou as portas.

Logo em seguida o marido começou a ser agredido com uma régua de alumínio utilizada na construção civil, nitidamente com o objetivo de matá-lo. A mulher começou a gritar por socorro, quando o homem parou as agressões e fugiu do local após embarcar em um automóvel Honda City prata. Além do motorista, foi possível observar que no banco traseiro havia um outro homem com aparência idosa. A mulher disse que não conhecia nenhum dos homens até aquele dia.

A vítima estava sendo atendida pelos médicos e tinha sofrido um grande corte na lateral esquerda do rosto, acima da sobrancelha, correndo o risco de perder a visão. Também estava com lesões na nuca e na têmpora direita, além de apresentar vômito com sangue, possivelmente por lesões internas.

Segundo a PM, apesar do quadro de saúde da vítima, foi possível ouvi-lo brevemente, quee confirmou a versão da esposa, e disse que o homem que invadiu a casa é seu ex-colega de trabalho. O motorista do carro não foi possível identificar, mas o homem no banco traseiro seria o pai do agressor.

Os policiais militares buscaram mais informações sobre o suspeito de 37 anos através de contatos passados pela esposa, e conseguiram obter o endereço de mora a mãe. A guarnição foi até a residência localizada na Rua Uruguaiana, no bairro Encano do Norte, mas ele não estava lá. Foi possível descobrir que ele mora em Apiúna.

Foi solicitado apoio para uma guarnição da cidade, que se deslocou até uma localidade na BR-470, no bairro Ribeirão Roxo. Mais uma vez, o suspeito não estava no local. A Polícia Civil foi até o hospital para colher depoimentos, já que se tratava de uma tentativa de homicídio dolosa.

O Instituto Geral de Perícias também foi chamado para levantar evidências no local do crime. Os policiais militares registraram o boletim de ocorrência, e até o fechamento do relatório enviado à imprensa, o suspeito de cometer o crime não tinha sido encontrado.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS