Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Estudo feito com o aterro sanitário de Timbó é apresentada em conferência europeia

 

 

 

 

O artigo “Estimativa de produção de chorume para aterro sanitário no Sul do Brasil utilizando Hydrus-1D” foi selecionado e publicado na 4ª Conferência Europeia sobre Solos Não Saturados (European Conference on Unsaturated Soils/E-Unsat). A pesquisa faz parte de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e foi realizada utilizando como base o aterro sanitário de Timbó (SC).

No artigo, os pesquisadores tratam sobre o grande desafio que o descarte de rejeitos sólidos representa para as sociedades, em especial pela ameaça gerada pelo chorume e os gases liberados na decomposição. O chorume é um líquido poluente escuro, de odor nauseante, decorrente de processos biológicos, químicos e físicos, que ocorre durante o processo de decomposição de resíduos orgânicos.

“Aterros sanitários têm sido amplamente usados para esse propósito devido à impermeabilidade, à drenagem e aos sistemas de tratamento que reduzem os riscos de contaminação do solo, da água e do ar. Estimar a quantidade de chorume e gases é extremamente importante para o controle e a operação desses sistemas”, afirma o estudo.

O software Hydrus 1D foi utilizado para simular o fluxo de fluidos não saturados através de 13 camadas do aterro e o resultado indicou que o efeito atenuante alcançado é condizente com o esperado.

A pesquisa foi desenvolvida pela egressa Débora Hianca da Rosa Waisczik, no curso de Engenharia Sanitária do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi) de Ibirama (SC), que faz parte da Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina). Ela recebeu orientação do professor Jonathan Tenório, que ficou na unidade de ensino até 2019.

O estudo utilizou o modelo Hydrus 1D para simular a produção de chorume no aterro de Timbó. O Hydrus 1D é um software que “simula o movimento unidimensional de água, calor e solutos em um meio poroso com saturação variável”.

A conferência europeia (E-Unsat 2020) aconteceu de forma online entre os dias 19 e 21 de outubro, em função da pandemia de Covid-19. O evento foi organizado pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST), em parceria com a Universidade Tecnológica Delft (Tudelft), da Holanda, e a Universidade Politécnica da Catalunha, da Espanha.

 

Grupo Telegram
Grupo WhatsApp

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top