segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioEducaçãoEstudantes de Blumenau ganham bolsa de iniciação em universidade na Alemanha

Estudantes de Blumenau ganham bolsa de iniciação em universidade na Alemanha

 

Por Martha Kienast

Três estudantes de Blumenau conquistaram concorridas bolsas para o curso de iniciação em nível superior na Alemanha, chamado de Schnupperstudium. O Projeto PASCH “Escolas: uma parceria para o futuro”, uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha em parceria com o Instituto Goethe, entidade Cultural da República Federal Alemã, ofertou cinco vagas para todo o Brasil, sendo que três delas ficarão com Filipe Storiek Batista, Raquel Behrens e Thaís Jandre, todos de 16 anos, estudantes da Escola Barão. As outras duas bolsas do Brasil foram destinadas a representantes das cidades de Florianópolis e São Paulo.

O programa “Probestudium Jena 2017” será realizado entre os dias 7 e 20 de maio na Friedrich-Schiller-Universität, na cidade de Jena. Para conseguir a bolsa, os estudantes interessados tiveram suas candidaturas analisadas pela equipe do Projeto PASCH no Brasil, com sede em São Paulo. Além de oferecer a iniciação universitária onde cada estudante selecionado optou por um curso superior de sua área de interesse, está incluído na bolsa acomodação, alimentação, transporte local, curso complementar da língua alemã e passeios culturais na cidade de Jena e arredores, como na famosa cidade de Weimar. “Eu quero trazer um pouco da cultura e da experiência alemã para o Brasil. Um dia vou usar estas informações para ingressar na Organização das Nações Unidas (ONU) e fazer a diferença no nosso país”, afirma Raquel, umas das estudantes selecionadas para a bolsa.

Felipe acredita que a experiência lhe abrirá portas para o futuro. Ele estuda alemão há apenas dois anos e pretende se formar em Ciências Aeronáuticas para atuar como piloto na Europa. “Quero crescer através do idioma e fortalecer as minhas relações com aquele país”. Já a estudante Thais, que cresceu cercada pelo idioma, acredita que o benefício será ainda maior. “Essa oportunidade, além de ampliar a visão do mercado de trabalho, ainda possibilitará o aprimoramento no idioma”, acrescenta.

O programa é ofertado em todos os países da América do Sul os quais contam com escolas parceiras do PASCH/Instituto Goethe. Além de trocar experiências com graduandos e graduados da Alemanha, os estudantes de Blumenau também vão conviver ativamente com outros 15 bolsistas da América do Sul. O Projeto PASCH busca implementar o ensino da língua alemã para mais de 500 mil alunos de 1,7 mil unidades de ensino em 113 países. Destas, 20 estão no Brasil, incluindo a Barão.

Estão não é a primeira vez que estudantes da Escola de Blumenau participam do projeto. Em 2016, eles conquistaram duas das seis vagas oferecidas para brasileiros com destino a cidade de Heidelberg. “Os nossos estudantes retornaram com grandes experiências e com os laços ainda mais fortes com a Alemanha”, acrescenta professora de Língua Alemã na Barão, Iracema Bauer Krueger.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS