segunda-feira, 25 outubro 2021
InícioSegurançaEspecialista em novas mídias alerta para vazamento de dados 

Especialista em novas mídias alerta para vazamento de dados 

Tema surge após serem vazados dados pessoais de mais de 220 milhões de pessoas.

Por Diorgnes Saldanha

Mais de 220 milhões de brasileiros tiveram seus dados vazados na internet na última semana. Informações como CPF, foto do rosto, endereço, telefone, e-mail, score de crédito, além de comprovantes de renda foram disponibilizadas de forma gratuita em um fórum na internet.

Apesar de ser um número maior do que a população do país, nem todos os brasileiros tiveram suas informações divulgadas, uma vez que os números totais englobam pessoas já falecidas.

Para Moisés Cardoso, especialista em Novas Mídias, o vazamento destes dados significa um grande risco para a população, pois “todas essas informações possibilitam aos golpistas: criar contas laranjas em diversos serviços, filiar pessoas em partidos políticos, realizar ataque diretamente a pessoa e a seus familiares. Não existe limite para as diferentes mecânicas de engenharia social que podem originar” afirma.

Ainda não se sabe a origem dos vazamentos. A Serasa Experian está entre as empresas suspeitas de terem as informações acessadas, mas a companhia nega. Além dos dados pessoais, também há informações de 104 milhões de automóveis, como placas e até o tipo de combustível usado.

Cardoso também prega cautela ao pesquisar sites que prometem verificar se a pessoa teve ou não seus dados disponibilizados. “Os sites que prometem fazer essa varredura, não podem realizar essa verificação. Isso porque os dados vazados são comercializados da Deep Web. Nesse ambiente, os buscadores online e a própria lógica de busca por um determinado conteúdo funcionam diferente da internet que conhecemos. Sendo assim, desconfie de quem promete essa verificação” alega.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS