domingo, 24 outubro 2021
InícioClimaEpagri/Ciram prevê trimestre com chuvas, temporais, granizo e calor em Santa Catarina

Epagri/Ciram prevê trimestre com chuvas, temporais, granizo e calor em Santa Catarina

 

 

Bairro Velha | Foto: Helena Cristina Mayer

 

O Epagri/Ciram divulgou na quinta-feira (27/09/19) a previsão climática para Santa Catarina para os meses de outubro até dezembro. Em outubro continua a condição de mais nebulosidade, porém a chuva ficará mal distribuída e será pouco significativa em algumas localidades. Nos meses seguintes, ela ficara bem distribuída, com valores mais significativos e temporais frequentes.

Durante a primavera deve ficar alta a incidência de temporais com raios, granizo e ventania no estado. Em algumas vezes, os acumulados de chuva serão significativos em curtos espaços de tempo, quando é bem possível ocorrerem alagamentos.

Outubro deve ser marcado pelas chuvas de primavera, com totais mensais mais elevados no Oeste e Meio Oeste (de 210 a 280 mm), e do Planalto ao Litoral (de 140 a 180 mm). A formação e deslocamento de ciclones extratropicais no litoral Sul do Brasil, trazem perigo para a navegação e a pesca em embarcações de pequeno e médio porte, devido aos ventos fortes e ao mar agitado, muitas vezes resultando em ressaca.

Em novembro, o volume de chuva diminui no estado, com valores de 130 a 180 mm em média. Em dezembro, com o início das chuvas de verão, os acumulados passam a variar de 150 a 190 mm na Grande Florianópolis e do Oeste ao Litoral Norte, e nas demais regiões os volumes variam entre 130 a 150 mm. Nesses dois últimos meses, diminui a condição favorável aos ciclones extratropicais no litoral Sul do Brasil.

Normalmente as chuvas mais fortes estarão associadas à passagem de frentes frias, influência de sistemas de baixa pressão e dos Sistemas Convectivos de Mesoescala (SCM) que as deixarão mais intensas no Oeste e Meio Oeste. Na segunda quinzena de novembro, inicia o processo convectivo, caracterizando as pancadas de chuva de verão que serão mais freqüentes em dezembro, janeiro e fevereiro.

Temperatura

A previsão é de temperatura próxima a acima da média no trimestre. Em outubro e no inicio de novembro, as massas de ar frio com curta duração, podem atingir o estado registrando temperatura baixa para a época do ano, durante a madrugada e no amanhecer. Pode ocorrer formação de geada fraca e isolada nas áreas mais altas do Planalto Sul. Em novembro e dezembro, as massas de ar quente atuarão com mais freqüência e maior duração.

São caraterísticas da primavera: nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade. O verão começa oficialmente no Brasil à 1h19min do dia 22 de dezembro.

Temperatura da Superfície do Mar (TSM):

No mês agosto de 2019 as águas no Pacífico Equatorial apresentaram valores de anomalia negativa de TSM, de -0,5°C a -1,0°C (Figura 1), a área de anomalia apresentou ampliação em sua extensão com valores de -0,5°C a -2,0°C nos dias 15 a 21 de setembro (Figura 2). Na área de monitoramento do Pacífico é observada a evolução de TSM com valores negativos nos meses de agosto e setembro, com ventos Alísios próximos à normalidade, indicando Neutralidade durante a primavera de 2019.

Os dados foram elaborados pela meteorologista Marilene de Lima, resultado da previsão do Fórum Climático, que reúne entidades como o EPAGRI/CIRAM, IFSC, SDC, NSC e ALERTABLU.

 

Figura 1 – Anomalia da TSM nos oceanos Atlântico e Pacifico, em agosto de 2019.

 

Figura 2 – Anomalia da TSM no Pacifico e Atlântico, nos dias 15 a 21 de setembro de 2019.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS