segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioGeralEncontrado o herói que enfrentou a corrente de retorno e retirou Ciro...

Encontrado o herói que enfrentou a corrente de retorno e retirou Ciro do mar, em Balneário Camboriú

 

 

 

 

Por Claus Jensen

Na tarde desta quinta-feira (2/01/20) publicamos uma matéria falando do salvamento de Ciro Sandro Poffo. Ele estava no mar da Praia do Estaleirinho, em Balneário Camboriú (SC), quando foi levado por uma corrente de retorno e salvo por um banhista. Não só ele, mas havia médicos no local que fizeram os procedimentos de reanimação.

Nossa amiga Aline Farias viu a matéria e por coincidência estava na praia naquele dia. “Eu e meu cunhado , Paulo R. Sensi Filho, começamos uma partida de frescobol, quando escutamos alguém berrando no mar. Era o Ciro. Uma pessoa entrou no mar com um macarrão (boia) para ajudá-lo. Em seguida Paulo também foi ajudá-los, mas ficou na arrebentação, com receio de ser mais uma vítima”.

 

 

Quem arriscou sua própria vida foi um morador da cidade, Everton Reis. Nadou até Ciro, conseguiu retirá-lo da área mais crítica, mas já estava muito cansado, quando Paulo conseguiu puxar a vítima já inconsciente. Ele foi levado à praia e Aline começou a fazer respiração boca a boca.

Enquanto isso, os médicos Marcelo Marcuzzo e seu amigo Eduardo Martignago, iniciaram a massagem cardíaca e os procedimentos de reanimação. Ciro tinha sofrido uma parada cardiorrespiratória que foi revertida. Eles foram auxiliados pela esposa de Eduardo, a médica Maria Fernanda Martignago, todos de Blumenau. Os bombeiros também foram acionados e quando chegaram, a vítima já tinha voltado à vida.

“Me emocionei muito! A adrenalina baixou e chorei bastante. Pedi a Deus que o ajudasse e estou muito feliz por receber notícias dele. Sabíamos que era de Ascurra e acreditamos que ele iria ficar bem e sem sequelas. Foi um momento de união e força para ajudar o Ciro,” finalizou Aline.

Evandro mandou um áudio para Ciro, onde diz que não se considera herói. “Ser humano ajuda ser humano. Eu vi que tinha condições de entrar no mar de Estaleirinho,porque me criei naquela praia e entrava no mar grande. Mas se não fossem as outras pessoas, como um rapaz que entrou, não sei se conseguiria tirar sozinho. Talvez não tenha tanto mérito assim, mas fico feliz que esteja tudo bem”.

Ao contatar o Dr. Marcelo, ele comentou “Fiquei MUITO MUITO MUITO feliz quando li a sua matéria ontem e vi que ele está bem, e feliz de estar vivo! O Ciro estava em parada cardiorrespiratória, eu e o Eduardo conseguirmos reanimá-lo”.

Nada melhor do que publicar esse tipo de notícias. E quem arrisca sua vida para salvar a dos outros, é um herói sim.

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS