quarta-feira, 22 setembro 2021
InícioGeralEnchente mobiliza Prefeitura e corporações do GRAC por 80 horas

Enchente mobiliza Prefeitura e corporações do GRAC por 80 horas

Foto: Marcelo Martins
Foto: Marcelo Martins

Última reunião do grupo neste evento demonstrou sucesso nas operações e que o trabalho não terminou.

Às 7h desta terça-feira (10), quando o rio Itajaí Açu apontava ter descido ao nível de 6m99cm (ainda em estado de alerta), o prefeito Napoleão Bernardes abria a última reunião do Grupo de Resposta e Ações Coordenadas em razão da enchente que assolou Blumenau nos últimos dias. O sol aparecia entre as cortinas do Salão Nobre da Prefeitura de Blumenau, coroando o trabalho de todos os organismos que atuaram em mais uma cheia. Foi nesta aura de boas notícias anunciadas pela natureza, que o prefeito agradeceu o empenho de todos pelas 80 horas de mobilização e trabalho intenso em prol do município. A segunda enchente em nove meses de governo demonstrou que a cidade está preparada para as intempéries.

O prefeito lembrou, no entanto, que o trabalho não terminou. Se o perigo passou, a cidade agora trabalha no rescaldo da cheia. A Secretaria de Serviços Urbanos tem muito trabalho pela frente. Limpeza de ruas e remoção de barreiras são as principais tarefas do momento. Duas linhas de ônibus ainda não conseguem chegar ao ponto final porque barreiras impedem a passagem. O Samae trabalha na normalização do abastecimento de água, prejudicado pela sujeira que o rio traz em época de enchente e que chegou a danificar equipamentos. Os últimos abrigos abertos serão desativados na tarde de hoje. Eles, agora, servem especialmente às crianças, enquanto os pais limpam as casas atingidas pela água suja da enchente. A vida do blumenauense começa a voltar ao normal.

O trabalho da Defesa Civil (DC) foi elogiado pelas demais corporações integrantes do GRAC. Telmo Duarte, Secretário de Defesa do Cidadão do Município, pasta a qual a DC está subordinada, dividiu o sucesso da operação com todos, fazendo questão de lembrar da importância do trabalho dos meteorologistas e hidrólogos do Ceops/Furb. “Se a comunidade não sentiu os efeitos da enchente, é porque fomos eficazes em nossa atuação”, ressaltou ele. O trabalho da imprensa de Blumenau e da Secretaria de Comunicação da Prefeitura, inclusive através das redes sociais, também foi elogiado. É através dele que as informações da Defesa Civil e do GRAC chegam aos cidadãos. “Mantivemos as 8 horas mínimas de antecedência para informar a população de maneira clara e transparente, oportunizando que todos pudessem tomar as providências necessárias em suas casas, comércio ou empresas”, destacou Napoleão. O pico máximo da enchente foi 10m18cm na madrugada de segunda-feira (09), quando as previsões oficiais anunciavam pico entre 10m e 10m35min.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS