sábado, 22 janeiro 2022
InícioGeralEm dois casos de violência doméstica, até um policial teria sido agredido

Em dois casos de violência doméstica, até um policial teria sido agredido

Neste domingo (28/01/18), a Polícia Militar atendeu duas ocorrências envolvendo violência doméstica. A primeira foi registrada às 18h52min, quando uma mulher de 38 anos, procurou o batalhão da 10º BPM, localizado na Rua Almirante Tamandaré, bairro Vila Nova. Ela relatou aos policiais, que estava em sua casa e havia separado suas roupas para ir embora, devido a problemas de convivência com seu companheiro de 22 anos. Mas quando ele percebeu a situação, começou a discutir e agredi-la fisicamente, batendo a cabeça dela contra a parede, desferindo socos e a empurrando para fora da casa. Foi neste momento que ela decidiu procurar a Polícia Militar.

Enquanto era feito o registro do boletim de ocorrência, o companheiro passou em frente ao batalhão e a encontrou. Novamente foi iniciada uma discussão, em que ambos se empurraram. O agressor foi preso e conduzido para a central da Polícia Civil, acompanhado da vítima para registrar o boletim de ocorrência de flagrante delito.

O segundo caso aconteceu na Rua Otto Mordhorst, no bairro Itoupava Norte. A Polícia Militar chegou ao local, às 20h36min, encontrou uma mulher de 26 anos e seu marido de 31. Segundo relato, os dois estavam tomando bebida alcoólica quando se desentenderam e trocaram agressões físicas, que deixaram ambos com lesões em diferentes partes do corpo.

Repentinamente, um dos policiais teria sido agredido fisicamente pela mulher, que estava muito alterado e agressiva, sendo necessário o uso de força para imobilizá-la. Em seguida foi acionado o SAMU para medicá-la e conter seu estado emocional. Os dois foram conduzidos para a Central de Plantão da Polícia Civil, por causa das agressões mútuas. Foi confeccionado um termo circunstanciado contra a mulher, devido a agressão física contra um agente público.

Dados: PM de Blumenau | Texto: OBlumenauense | Imagem de capa: ilustrativa
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS