quinta-feira, 13 maio 2021
Início Bairros Centro E lá se foi Roy Kellermann

E lá se foi Roy Kellermann

Roy Kellermann

Problemas renais, foram decisivos para Santa Catarina e principalmente Blumenau, perder um de seus grandes nomes na arte: Roy Kellermann. Depois de uma batalha de 60 dias internado no Hospital Santa Catarina, ele faleceu aos 70 anos, nesta sexta-feira (7/02). Lembro de sua personalidade forte e grande talento, registrado nas telas que absorviam as cores e formas, onde ele lhes dava um toque de ilusão ótica.

Roy Kellermann

Sua voz e paixão pelo blues, marcaram muitas apresentações pela cidade. Ele era casado desde 1976 com Noemi Kellermann, que sempre esteve a frente do Pró-Música em Blumenau, mas atualmente leciona música na universidade. Sua carreira artística Roy começou com  à profissão de antiquário, ofício que mantinha até os dias de hoje.

O velório acontece na Igreja Luterana Espírito Santo (ao lado do Hospital Santa Catarina), no centro, e o sepultamento será na manhã deste sábado, às 11h30 no cemitério da igreja.

Neste vídeo gravado por Elizete Schazmann, mostra Roy Kellermann em uma apresentação no Butequin Wollstein, onde comemorava o seu aniversário.

Nós do blog, lamentamos muito a perda deste grande artista e estendemos os pêsames à família.

Fotos: perfil do Facebook de Roy Kellermann

 

 

Claus Jensen
Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS