quarta-feira, 12 maio 2021
Início Eventos Domingo (15) tem Se Essa Rua Fosse Minha em Timbó (SC)

Domingo (15) tem Se Essa Rua Fosse Minha em Timbó (SC)

Música, gastronomia, arte e a comercialização de produtos artesanais da região. Esta é a programação marcada para o domingo (15/04/18), em Timbó (SC). A Rua Luiz Benz, no Centro da cidade, vai receber a 8ª Feira Se Essa Rua Fosse Minha, que acontece das 10h às 18h e tem entrada gratuita.

Esta é a primeira edição do ano do evento, que é realizado pelo Coletivo Comova. Ao todo, 34 feirantes, quatro atrações musicais e três foodtrucks fazem parte da agenda. Além disso, exposição de arte, feira de adoção de cães e gatos e troca-troca de livros com a Biblioteca Municipal Professor Péricles Prade também estão programados.

O destaque desta edição é o aulão de capoeira, que será comandado pelo Grupo Arena Capoeira, do Mestre Dendê, das 10h às 12h. Os interessados podem chegar e participar da roda gratuitamente. Para as crianças, a Feira Lúdica com seus brinquedos e livros está confirmada. O espaço já é tradicional no evento e atrai crianças de várias idades.

Ainda este ano, mais duas edições estão programadas: dia 15 de julho e 11 de novembro. Para Felippe De Pin, um dos integrantes do Coletivo Comova, a Feira Se Essa Rua Fosse Minha já se consolidou na cidade. “Percebemos que muitas pessoas esperam pelo evento. Ao mesmo tempo, sempre vemos figuras novas, de outras cidades passando o domingo com a gente. E isso que nos motiva, é isso que queremos: integrar, reunir, ocupar a rua da melhor forma possível e proporcionar para as pessoas um domingo de lazer, cultura e muita alegria”, diz.

O Coletivo Comova ainda terá outros eventos neste ano. “Estamos tentando ampliar nossa atuação, sempre com o objetivo de levar iniciativas bacanas para a cidade. Nenhum dos integrantes do coletivo vive disso, temos nossos empregos e realizamos estas ações por amor à cultura. Acreditamos que essa é uma forma de demonstrar nosso carinho por Timbó”, encerra.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS