segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioAnimaisDois filhotes de baleias ficam presos nas redes de pesca em Penha

Dois filhotes de baleias ficam presos nas redes de pesca em Penha

Filhote de baleia Jubarte
Filhote de baleia Jubarte

Fotos: Gilberto Manzoni, professor da Univalli

O inverno é um período onde muitos animais que vivem nas regiões frias do hemisfério sul, vem aproveitar as águas quentes (p/ eles) de nosso litoral para procriar. Na noite desta segunda-feira (15), um filhote de baleia cachalote com aproximadamente 7 metros, acabou preso numa rede feiticeira na praia do trapiche, em Penha. As feiticeiras são redes de 3 malhas, uma estreita por dentro e duas largas por fora, colocadas em cada lado da embarcação.

Baleia-Jubarte_Penha_02

Na terça-feira (16), outro filhote ficou preso, desta vez de uma baleia jubarte, mas os pescadores conseguiram libertá-la. Nessa época do ano, por causa da pesca da tainha, é muito comum o uso das redes feiticeiras. Segundo o Comandante Johnny Coelho, do Corpo de Bombeiros de Penha, 70% dessas redes não pertencem aos pescadores locais, mas de outras pessoas que pescam a tainha.

A Praia do Trapiche, atrai os filhotes pela quantidade de peixes pequenos, facilitando a captura do alimento, já que eles comem peixes de no máximo 25 cm, além de outras espécies marinhas. O Corpo de Bombeiros de Penha, pescadores, Polícia Militar estavam envolvidos na operação de resgate, que foi gravado por Coelho, e publicada na página do Youtube dos bombeiros.

As imagens do resgate do filhote de baleia está dividida originalmente em 4 vídeos curtos. Preferimos não baixar e editar, respeitando a autoria de quem postou.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS