Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Discussões entre casais terminam com homens presos e mulheres feridas em Blumenau

 

 

A Polícia Militar atendeu duas ocorrências de violência doméstica na noite desta quarta-feira (26/02/20) em Blumenau. A primeira foi às 19h09 na Rua Almirante Barroso, no bairro Vila Nova, onde a vítima foi uma mulher de 30 anos. Ela disse à guarnição que foi agredida pelo companheiro após uma discussão sobre o relacionamento, situação que sempre acontece depois dele ingerir bebida alcoólica.

O homem estava no bar e assim que chegou em casa começou a agredi-la, causando uma lesão no braço direito. Além disso ainda bateu no seu rosto com o fio do carregador, puxou o cabelo e deu um chute na perna esquerda. Diante da situação ela começou a gritar pedido socorro aos vizinhos.

Os policiais também conversaram com o companheiro de 35 anos que se encontrava no local. Ele disse que estava bebendo na residência e foi surpreendido pela companheira que tinha acabado de chegar do trabalho. Do nada, ela o agrediu causando lesões no braço esquerdo e rosto. O homem alegou que apenas se defendeu das agressões.

Os dois apresentavam lesões. Já o companheiro da vítima apresentava sinais de embriaguez, como odor etílico, andar cambaleante, olhos vermelhos e fala arrastada. Ele foi detido e conduzido à Central de Polícia Civil para os procedimentos legais.

 

O segundo caso de violência doméstica aconteceu na Rua Rivera, no bairro Itoupavazinha. A PM foi acionada às 21h49, e conversou com uma mulher que disse ter discutido com o marido de 46 anos quando foi agredida com chutes por motivo banal. Ferida com um lesão na perna esquerda, ela começou a gritar e teve a boca tapada pelo homem.

Quando finalmente conseguiu fugir, ligou para a polícia. Ele pegou alguns pertences, colocou dentro do veículo Chevrolet Prisma e saiu do local. A mulher disse que ele esconde uma arma embaixo do carpete no porta malas.

Assim que a guarnição estava deixando o imóvel, percebeu a chegada do automóvel a uma quadra de distância. O marido foi abordado pelos policiais e disse que estava voltando para buscar um colchão. Mas ele recebeu voz de prisão por violência doméstica com lesão corporal leve dolosa e foi conduzido à Central da Polícia Civil onde foram realizados os procedimentos legais.

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top