sábado, 25 setembro 2021
InícioUncategorizedDicas essenciais que a gente geralmente esquece antes das enchentes

Dicas essenciais que a gente geralmente esquece antes das enchentes

Toda vez que há o risco de uma enchente ficamos em polvorosa. As previsões vão nos assustando e começamos a providenciar algumas coisas. São tantas que acabamos esquecendo de detalhes. Eu imagino que se houver enchente, não irá durar mais do que 1 ou 2 dias, mas vou postar aqui o que eu lembro e acho importante levar em conta.

Energia / Luz

  • Celulares / Notebooks / tablets – melhor carregar todos o mais breve possível. Não sabemos se e quando faltará a energia elétrica. Além de nos informarem sobre o que acontece, podem ser fonte de luz.
  • Velas e fósforos – não esqueça de ter um estoque bom básico
  • Freezer – tente ter uma opção B para refrigerar os seus alimentos caso falte energia elétrica.
  • Pilhas – seja para lanternas, rádio ou até aparelhos médicos.
  • Gás  – lembre que é ele que aquecerá sua comida. Vale ter um butijão de garantia.

Remédios – verifique como está a quantidade de remédio que você usa regularmente e muitas vezes até depende. Tenha o suficiente para quinta-feira. Não esqueça daqueles básicos, como para dor de cabeça, anti-inflamatório, febre, diarréia, cólicas, gripe, etc …

Alimentos – dê preferência aos básicos não perecíveis como arroz, macarrão, feijão (até enlatados), sopas e um pão caseiro. Não esqueça dos temperos prontos para o gostinho especial.

Água

  • Galões de 5 litros  – vale a pena ter uns 2.
  • Coleta de água – se você não instalou um sistema de coleta de água na sua residência como eu, pode optar pelas soluções básicas. Separe uns baldes e lembre de usar o que tiver disponível de espaço como o tanque de lavar roupas e até banheira. Além de um banho, poderá servir para colocar no vaso sanitário.

Higiene

  • Banho – não sabemos se o fornecimento será interrompido ou não. Como não é possível controlar o volume da caixa de água, vale tomar um banho agora, para estimular a caixa trabalhar e encher. Mas também pode ter o efeito inverso e esvaziar para seu consumo amanhã.
  • Vaso sanitário – lembre que em uma descarga são usadas em média de 3 a 6 litros de água. Por isso a neura em armazenar o que for possível, senão em determinados casos será impossível entrar no banheiro.

Combustível para o carro – lembre de encher o tanque e economizar ao máximo. Se postos de gasolina pegarem enchente, apesar de toda vedação, podem demorar para começarem a funcionar.

Acessos – tenha sempre em mente um plano B para seu deslocamento, seja de carro ou a pé. Lembre que dá para usar o Google Maps para analisar, caso não conheça bem sua região.

Evite ao máximo o contato com a água contaminada – seja antes ou depois, o contato com água de enchente pode matar através de doenças como a leptospirose que vem da urina do rato. Tenho um amigo que pegou enchente na casa mas o seu irmão não. Ele veio ajudá-lo a colocar os móveis na casa e pisou em água contaminada. Infelizmente faleceu. E foi depois da enchente. Portanto, não bobeie, seus amigos e família agradecem

Ajuda – esteja atento para amigos ou familiares. Eles já vão perder muita coisa caso a água entre, então se ofereça para ajudar e convoque outros que não tenham problema com ela. Mas lembre em primeiro lugar da sua família, não banque o herói.

 

Segurança

  • Cuide de você – não faça loucuras, visitando locais que oferecem risco à sua segurança pessoal. Tem pessoas que dependem de você e irão sofrer muito se acontecer algo.
  • Os saques são um horror para quem já passou por enchentes. Isso vale para quem está com a sua casa debaixo da água ou não. Tente se precaver ao máximo, eles sabem que a polícia não pode vir socorrê-lo. Faça um esquema com seus vizinhos, nem que seja um apito na hora de algo acontecer.
  • Evite sair de carro – muitas pessoas fazem um tour e quando passam em ruas com o nível de água um pouco mais baixo, acabam criando ondas que fazem com que a água da enchente entre em lojas e casas. Pense um pouco nos outros também.

O texto eu não coletei da internet, mas fui lembrando de outras enchentes e dos problemas que enfrentamos ou ouvi, li e vi na mídia. Provavelmente eu devo ter esquecido algo (e olha que a lista é longa), portanto fique a vontade para acrescentar outra dica. Inclusive, eu sugiro que imprima essas, que podem lhe ajudar caso sua memória não esteja tão boa quanto a minha.

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS