sábado, 6 março 2021
Início Geral Dicas de segurança que podem ajudar a evitar golpes por meio de...

Dicas de segurança que podem ajudar a evitar golpes por meio de perfis falsos

[pro_ad_display_adzone id=”179465″]

 

[pro_ad_display_adzone id=”179467″]

 

[pro_ad_display_adzone id=”227190″]

 

Foto: Valter Campanato [Agência Brasil]
 

Com a situação da pandemia e a necessidade de isolamento social, criminosos se adaptaram e criaram novas formas de atacar e explorar a vulnerabilidades de pessoas, empresas e autoridades.

Por essa razão, o Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Poder Judiciário de Santa Catarina (NIS/PJSC) e a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC) destacam a importância da necessidade de cuidados e configurações de privacidade no uso de redes sociais e aplicativos de mensagens.

Em Santa Catarina, já foram detectados golpes envolvendo a criação de perfis falsos em redes sociais e aplicativos de mensagens. Esses golpes, que utilizam de engenharia social e obtenção de informações em fontes abertas, costumam ser direcionados para pessoas e empresas que disponibilizam principalmente dados de contato sem qualquer restrição em redes sociais.

Para mitigar esse tipo de ataque, seguem abaixo algumas dicas de segurança elaboradas pelo NIS/PJSC e pela Polícia Civil:

  • Configuração da verificação em duas etapas nos aplicativos de mensagens e redes sociais. (Para evitar perder o acesso caso sofra uma tentativa de invasão);
  • Ajustar seu aplicativo de mensagens para não mostrar sua foto de perfil para quem não estiver salvo em sua lista de contatos;
  • Configurar seu perfil na rede social (ex. Facebook, Instagram) para ocultar dados de contato. (e-mails, telefone celular);
  • Nunca repasse para terceiros senhas e códigos recebidos.
  • Denúncias podem ser feitas pelo telefone 181 ou WhatsApp (48-98844-0011).
  • Acesse a íntegra da cartilha de segurança cibernética produzida pelo NIS/PJSC.

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS