sábado, 24 julho 2021
InícioGeralDias do rock, da população e da proteção às florestas marcam esta...

Dias do rock, da população e da proteção às florestas marcam esta semana

No dia 13 de julho, o show Live Aid completou 36 anos. Ele marcou época na década de 1980 e arrecadou fundos para combater a fome na África.

Essa semana é marcada por datas que celebram a música e o nascimento de grandes compositores. Já começa pelo domingo (11/07), Dia Mundial da População, registrado em 1987, quando a terra atingiu 5 bilhões de pessoas. Passados 34 anos,  esse número é estimado em 8 bilhões.

Hoje (11) também é o aniversário do compositor Carlos Gomes, que completaria 185 anos. Nome do principal teatro em Blumenau, ele é autor da clássica ópera O Guarani e um dos maiores nomes da música erudita no país.

Em 13 de julho de 1985, quando é celebrado o Dia Mundial do Rock, aconteceu o festival Live Aid,  show criado para arrecadar fundos às vítimas da fome na África. Na data,  mesmo palco reuniu lendas como Queen, Led Zeppelin e David Bowie.

Ele aconteceu de forma simultânea em Londres (Inglaterra) e na Filadélfia (Estados Unidos). Nessa época o Muro de Berlim ainda existia, a Alemanha estava dividida ao meio e a AIDS não tinha a importância que tem hoje. O show colaborou para disseminação da solidariedade em larga escala e chamou atenção para tragédias humanitárias.

Músico e compositor Samuel Rosa, da banda Skank.

Já o dia 15, marca o aniversário de duas figuras do rock. O guitarrista Joe Satriani, que completa 65 anos, e o vocalista da banda Skank, Samuel Rosa, que chegou aos 55.

Outra data importante é no sábado, 17 de Julho, Dia de Proteção às Florestas no Brasil. Na mesma data, é homenageado o Curupira, figura do folclore brasileiro conhecido por ser o protetor das nossas matas.

Confira as principais datas:

Domingo (11)

– Nascimento do compositor paulista Carlos Gomes (185 anos) – autor da ópera O Guarani e patrono da cadeira de número 15 da Academia Brasileira de Música;
– Criação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (70 anos);
– Dia Mundial da População – comemoração sugerida pelo Conselho de Governadores do UNDP (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) da ONU, após o Dia dos 5 Bilhões, de 11 de julho de 1987, quando o planeta teria alcançado a então quantidade recorde de 5 bilhões de pessoas;
– Dom João V, por meio de uma Carta Régia, eleva a Vila de São Paulo de Piratininga à categoria de cidade (310 anos).

Segunda-feira (12)

– Nascimento do economista e ex-ministro da Fazenda fluminense Eugênio Gudin (135 anos) – em 1944, foi designado pelo então ministro da Educação, Gustavo Capanema, a redigir o projeto de lei que institucionalizou o curso de economia no Brasil. Nesse mesmo ano, foi escolhido delegado brasileiro na Conferência Monetária;
– Internacional, em Bretton Woods, nos Estados Unidos, que decidiu pela criação do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (Bird);
– Nascimento do sambista e compositor fluminense Almir de Souza Serra, o Almir Guineto (75 anos) – um dos fundadores do grupo Fundo de Quintal;
– Dia de Malala – ONU declara o Dia de Malala, em homenagem à ativista paquistanesa Malala Yousafzai.

Terça-feira (13)

– Nascimento do cantor, compositor e violonista mineiro João Bosco (75 anos);
– Morte do compositor austríaco Arnold Schönberg (70 anos) – foi criador do dodecafonismo, um dos mais revolucionários e influentes estilos de composição do século 20;
– Morte do cineasta argentino naturalizado brasileiro Héctor Babenco (cinco anos) – diretor de filmes como Pixote, A Lei do Mais Fraco e Carandiru, além de O Beijo da Mulher Aranha, pelo qual recebeu a indicação ao Oscar de melhor direção em 1986;
– Dia Mundial do Rock – data escolhida por conta do festival Live Aid, que aconteceu em 13 de julho de 1985.

Quarta-feira (14)

– Nascimento do produtor e executivo de televisão paulista Walter Clark (85 anos);
– Um ataque terrorista em Nice, na França, mata 86 civis e fere mais de 400 pessoas (5 anos).

Quinta-feira (15)

– Nascimento do pintor, gravador e desenhista holandês Rembrandt Harmenszoon van Rijn (415 anos);
– Nascimento do guitarrista e compositor norte-americano Joe Satriani (65 anos) – considerado virtuoso em seu instrumento, foi contemplado com o prêmio “The Maestro” durante o 11º Annual Classic Rock Roll of Honour Award;
– Morte do poeta mineiro Afonso Henrique da Costa Guimarães, o Alphonsus de Guimaraens (100 anos);
– Nascimento do cantor, compositor e guitarrista mineiro Samuel Rosa (55 anos);
– É sancionada a lei que restringe o uso e a propaganda do fumo e das bebidas alcoólicas (25 anos);
– Dia Mundial das Habilidades dos Jovens – data proposta pela ONU.

Sexta-feira (16)

– Nascimento do ator e radialista fluminense Pelópidas Guimarães Brandão Gracindo, o Paulo Gracindo (110 anos) – fez sucesso na Rádio Nacional, apresentando o Programa Paulo Gracindo. Com a radionovela O Direito de Nascer, encantou no papel de Alberto Limonta; e no programa de rádio Balança mas Não Cai interpretou, com Brandão Filho, o quadro do Primo Pobre e Primo Rico;
– Nascimento do radialista e apresentador de televisão paulista Edson Cabariti, o Bolinha (85 anos) – veio a tornar-se célebre como o apresentador do programa Clube do Bolinha, o qual ficou no ar durante 20 anos;
– Nascimento da atriz, dançarina e cantora estadunidense Virginia Katherine McMath, a Ginger Rogers (110 anos) – durante a década de 1940, ela foi uma das estrelas mais bem pagas de Hollywood.

Sábado (17)

– Dia de Proteção às Florestas no Brasil e Dia do Curupira, figura do folclore brasileiro conhecido por ser o protetor das florestas;
– O Conjunto Arquitetônico da Pampulha recebeu o título de Patrimônio Mundial da Unesco (cinco anos).

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS