terça-feira, 7 dezembro 2021
InícioGeralDeputado alerta municípios para a necessidade do Plano de Mobilidade Urbana

Deputado alerta municípios para a necessidade do Plano de Mobilidade Urbana

Jean-Kuhlmann_03O deputado estadual Jean Kuhlmann ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (16 de abril) para relatar reunião realizada dia 15, em Brasília, com o ministro das Cidades Gilberto Kassab. Na reunião, da qual participaram também vereadores, o prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes (PSDB), o deputado Ismael dos Santos (PSD) e o secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinübing, foram discutidos recursos para o município e para cidades da região.

O deputado se disse surpreso com o fato de várias cidades de Santa Catarina ainda não terem apresentado seu Plano de Mobilidade Urbana, que deveria ter sido aprovado até o último dia 12 de abril, domingo. A data foi determinada pela Lei Federal 12.587, de 2012, que instituiu as Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. A lei deu prazo de três anos para a aprovação do plano municipal a partir do dia de sua publicação.

“É uma pena, pois os municípios com mais de 20 mil habitantes que ainda não aprovaram seu Plano de Mobilidade Urbana terão dificuldades. Podem receber recursos para projetos já em andamento, mas estão impedidos de receber verbas federais para os projetos futuros de mobilidade”, lamentou o parlamentar.

Jean disse ser importante que todos os deputados catarinenses tenham conhecimento disso, e cobrem dos municípios. “Que a situação sirva de recado para todos os prefeitos de cidades com mais de 20 mil habitantes do Estado”, complementou.

Nova subestação da Celesc em Blumenau

Jean Kuhlmann também destacou a construção da nova subestação da Celesc em Blumenau, confirmada pelo presidente da estatal, Cleverson Siewert. A unidade será instalada às margens da BR-470, num investimento de R$ 12,5 milhões. Serão beneficiadas 45 mil unidades consumidoras da Região Norte do município. “Com isso, a população será beneficiada, as empresas locais poderão expandir seus investimentos e a cidade poderá atrair novas empresas”, destacou.

Texto: Renê Müller

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS