Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Curso de Engenharia da EAD Unicesumar de Blumenau recebe moderno laboratório

 

 

 

 

Ao longo dos anos, a humanidade já conseguiu enviar sondas e foguetes para fora do sistema solar, curar doenças e criar uma rede de comunicação instantânea que liga todo do planeta Terra, a internet. Mas os recursos para que isso se tornasse real não surgiram do dia para noite. A palavra que rege todos esses feitos é INOVAÇÃO.

Presente em todos os cursos da Unicesumar, ela (a inovação) ganha um novo capítulo nas Engenharias da educação a distância com metodologia híbrida. A partir de agora, os estudantes de Engenharia Civil, Elétrica, Mecânica, Mecatrônica e Produção passam a contar com novas e uma das mais modernas bancadas do mundo em seus laboratórios multidisciplinares. Para isso, foi realizado um investimento de aproximadamente R$ 10 milhões.

 

 

De acordo com Fabio Gentilin, coordenador dos cursos de Engenharias da EAD Unicesumar, mais de 8 mil alunos serão beneficiados, em 56 polos pelo Brasil. As imagens mostram a chegada e os equipamentos instalados na unidade de Blumenau.

“As bancadas utilizadas no laboratório são o que há de mais inovador no ensino das Engenharias. Nos baseamos nas mesmas tecnologias utilizadas por universidades de referência internacional para maximizar a experiência do estudante na era digital”, explica Gentilin.

Segundo a assessoria de imprensa do grupo, para escolher os equipamentos, o executivo visitou países referência em ensino, como a China, Alemanha e Estados Unidos, onde conheceu tecnologias educacionais ainda não ofertadas por nenhuma instituição brasileira.

Com a parceria de uma Startup nacional, a Owntec, especializada no desenvolvimento de soluções didáticas para engenharias, recriaram os recursos que conheceram no exterior, produzindo equipamentos personalizados dentro dos objetivos da Unicesumar, que é oferecer uma aprendizagem significativa e de qualidade.

“Desenvolvemos equipamentos com tecnologia exclusiva no Brasil, onde o aluno controla, comanda e monitora em tempo real, uma prática a distância, em cima de um equipamento físico. Nosso objetivo é oferecer aos nossos estudantes e futuros engenheiros uma experiência em conectividade, alinhada à indústria 4.0 e a internet das coisas”, afirma Luiz Antonio Barbieri, CEO da Owntec.

Com os novos equipamentos, os alunos colocarão em prática o que já estudaram na teoria através de ensaios de diferentes naturezas, como por exemplo, realizar teste de tração e compressão, verificar como se comporta o fluído dentro de tubulações de diferentes diâmetros e valores, além de simular na prática circuitos elétricos prediais e residenciais.

“As novas bancadas possuem software conectadas à nuvem, onde o aluno consegue monitorar sua prática em tempo real através do seu smartphone,além do acesso a todos os resultados, dados e gráficos do seu experimento”, completa o coordenador.

Os laboratórios são compostos por maletas de física e química, Materiais da Industria da Construção, Tecnologias de Construção, Automação Industrial, Ergonomia e Segurança do Trabalho, e as bancadas que simulam Fenômenos de Transporte, Mecânica e Resistência dos Materiais e Eletricidade.

“Neste momento, em que os encontros presenciais não podem acontecer devido a pandemia, estamos trabalhando com todas as medidas de segurança, para deixar os laboratórios prontos e em pleno funcionamento, para assim que as aulas presenciais forem retomadas, os estudantes terem acesso as mais modernas ferramentas e práticas no ensino das Engenharias”, explica Thuinie Medeiros, head de metodologias ativas.

 

Metodologia ativa

Os cursos híbridos da EAD Unicesumar rompem com o tradicional ensino das engenharias, pautando-se no desenvolvimento do aprendizado a partir da experiência. Estruturados por meio de metodologias ativas desde o primeiro módulo, os cursos utilizam estudos de caso, gamificação, peerinstruction (instrução entre pares) e rotação por estações.

Esse modelo de ensino também conta com tutores facilitadores nos laboratórios físicos, que acompanham o desenvolvimento prático dos alunos. Os encontros presenciais acontecem uma ou duas vezes na semana.

 

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top