terça-feira, 30 novembro 2021
InícioGeralCriminoso contatava vítima interessada em vender carro, marcava encontro e furtava o...

Criminoso contatava vítima interessada em vender carro, marcava encontro e furtava o veículo

 

 

 

 

Na quarta-feira (4/03/20), a DIC Blumenau finalizou inquérito que apurava uma série de furtos e roubo de veículos em Blumenau. No mesmo dia, um  homem de 28 anos foi preso preventivamente pela Polícia Militar de Videira (SC). Ele tem uma ficha criminal que inclui os crimes de receptação, furto e roubos de veículos, todos ocorridos em Blumenau.

Tudo começava quando ele buscava suas vítimas em anúncios de sites de vendas como a OLX.com, em que se mostrava interessado em comprar um veículo anunciado. Em seguida marcava um encontro com as vítimas para negociar e usava como local uma padaria do bairro Fortaleza.

Durante a conversa ele aproveitava um momento de distração, pegava a chave do carro da vítima e fugia pelos fundos do estabelecimento. Em seguida furtava o veículo e deixava o local.

Segundo a Polícia Civil, foram identificados três furtos que seguiam o mesmo “modus operandi”. Mas na quarta vez, a vítima percebeu que poderia tratar-se de um golpe e flagrou o suspeito fugindo pela porta dos fundos com a chave do seu veículo. Ao tentar impedir o criminoso, a vítima foi ameaçada de morte, o que configurou o crime de roubo.

Foi registrado um boletim de ocorrência e o caso foi parar na Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil. Após investigar e reunir provas, o indivíduo foi identificado e solicitado um mandado de prisão preventiva junto ao judiciário.

O homem conseguiu fugir e estava sendo procurado desde 2019, quando aconteceram esses quatro crimes. O inquérito policial foi encaminhado ao Poder Judiciário e ele aguarda os próximos passos.

É interessante observar que o criminoso usava locais públicos para fazer “a negociação” e mesmo assim a vítima era furtada e roubada. Até agora só foram identificados os citados nesta matéria.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS