quarta-feira, 27 outubro 2021
InícioEntretenimentoCQC não deve entrar no ar em 2016

CQC não deve entrar no ar em 2016

CQC-2015-bancada

Para alguns fãs do programa CQC da Band, apresentado toda segunda-feira às 22h45min, a saída de Marcelo Tas e Monica Iozzi, era sinal de que alguma coisa errada estava acontecendo. No lugar de Tas, entrou o ator global Dan Stulbach, uma aposta de peso, que também reunia na bancada Marco Luque e Rafael Cortez. O CQC, Custe o Que Custar, é uma produção independente da  argentina Eyeworks, que compra o espaço da emissora de TV.

A diretoria da TV Bandeirantes comunicou na tarde desta terça-feira (8),  que o CQC ficará fora do ar durante  2016, e terá um “ano sabático”. É possível que ele retorne em 2017 revigorado. Em seu lugar, a emissora deve aproveitar outros produtos que possam  fazer parte da grade de programação no decorrer do tempo.

“O intervalo entre as temporadas será estendido para que tenhamos tempo de voltar com mais força em 2017”, informou à imprensa Diego Guebel, criador da atração e diretor-geral de conteúdo da Band. Alguns repórteres do “CQC” receberam a comunicação oficial da Band de surpresa.

 

CQC-2015

Mesmo diante de todos os esforços e mudanças na equipe, o programa sofreu um desagaste e amargou baixa audiência durante o ano. Isso acabou não atraindo anunciantes, responsáveis diretamente pela manutenção de um programa de TV no ar. Quem irá comemorar, são os políticos, geralmente denunciados pelo humor crítico do CQC.

A equipe será dispensada, mas o ator Dan Stulbach, que tem contrato de 3 anos com a Band, terá o comando de um novo programa: História não Escrita. Utilizando recursos de computação gráfica e dramatizações, a nova atração vai contar as principais passagens históricas, a partir do descobrimento do Brasil. Ele contará com a historiadora e antropóloga Lilia Schwarcz, da editora Companhia das Letras, que é curadora do projeto. O programa também será produzido pela Eyeworks, mas em parceria com a Cinegroup, de Monica Monteiro.

 

CQC-tradicional

O CQC está no ar desde 2008 e completa nesse ano 339 edições. Pelo programa já passaram Rafinha Bastos, Oscar Filho, Marco Luque, Rafael Cortez, Danilo Gentili, Felipe Andreoli, Monica Iozzi e Mauricio Meirelles.

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS