domingo, 28 novembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19 em SC: são 301 casos confirmados e cinco mortes de pessoas...

Covid-19 em SC: são 301 casos confirmados e cinco mortes de pessoas infectadas

 

 

 

 

Santa Catarina chegou, nesta sexta-feira (3/04/20), aos 301 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, conforme boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde.  O número representa um aumento de 7,1% em relação ao dia anterior.

Não houve registro de novas mortes causadas pela Covid-19. Até as 18h, havia 31 pacientes confirmados com a doença internados em leitos de UTI.

Há casos em 48 municípios catarinenses. Nesta sexta, foram confirmados os primeiros pacientes com coronavírus em Araranguá, Governador Celso Ramos, Irati, Morro da Fumaça e Palhoça. As cidades com mais casos são Florianópolis (78), Blumenau (24) e Criciúma (23).

Confira os municípios com casos confirmados:

Antônio Carlos (8), Araranguá (1), Balneário Arroio do Silva (1), Balneário Camboriú (10), Biguaçu (1), Blumenau (24), Braço do Norte (12), Brusque (3), Camboriú (7), Canelinha (1), Chapecó (5), Criciúma (23), Florianópolis (78), Gaspar (2), Governador Celso Ramos (1), Gravatal (3), Içara (1), Imbituba (6), Indaial (1), Irati (1), Itajaí (19), Itapema (2), Jaguaruna (2), Jaraguá do Sul (5), Joaçaba), (1), Joinville (17), Lages (1), Laguna (1), Mafra (1), Morro da Fumaça (1), Navegantes (4), Palhoça (1), Papanduva (2), Paulo Lopes (1), Pescaria Brava (1), Pomerode (1), Porto Belo (4), Rancho Queimado (2), São Francisco do Sul (1), São José (12), São Lourenço do Oeste (1), São Ludgero (3), São Pedro de Alcântara (1), Siderópolis (2), Tijucas (1), Timbé do Sul (1), Tubarão (15) e Urussanga (1). Outros estados (5) e outros países (3).

Lembrem que em Blumenau o número de casos é diferente em relação aos divulgados pelo governo estadual. O motivo é porque a prefeitura contratou um laboratório particular e os dados oficiais de Santa Catarina só utilizam os validados pelo LACEN.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS