sábado, 18 setembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19: casos novos reduzem para 72 e mais uma morte é confirmada...

Covid-19: casos novos reduzem para 72 e mais uma morte é confirmada na sexta (30/07)

A vítima era um homem de 52 anos. Atualmente, há 523 pacientes em tratamento contra a doença, vinte a menos do que no dia anterior.

No dia que o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou Blumenau, o número de casos novos de Covid-19 baixou para 79, nos 570 exames realizados nesta sexta-feira (30/07/21). Mas infelizmente foi confirmada a morte de um homem de 52 anos, com comorbidades, que estava internado com coronavírus na UTI desde o dia 16 de julho. O total de moradores que perderam a vida infectados com a doença aumentou para 594.

Nos hospitais, há 66 pacientes em tratamento, entre casos confirmados e suspeitos. Nos leitos ativos de UTI COVID, a taxa de ocupação baixou para 68,2%; com 45 pessoas internadas, das quais somente seis não são de Blumenau. Já as enfermarias, estão 11,9% ocupadas, com 19 pacientes de Blumenau e dois de outros municípios.

Os prontos-socorros dos hospitais realizaram 233 atendimentos, com 54 decorrentes de síndromes gripais. A Central de Referência para casos Suspeitos de Coronavírus do Setor 3 do Parque Vila Germânica, os anexos montados nos Ambulatórios Gerais e no Hospital Universitário da Furb, atenderam 439 pessoas que realizaram 393 coletas para exame RT-PCR e de antígeno.

Atualmente, há 523 pacientes em tratamento contra a doença (469 em isolamento domiciliar), vinte a menos do que no dia anterior. Desde o início da pandemia, 62.050 pessoas foram infectadas pela doença, das quais 98,2% (60.933) já se recuperaram e a taxa de letalidade é de 0,96%.

Tomando como referência uma população de 361.855 habitantes (IBGE 2020) e a aplicação de 244.081 vacinas (1ª, 2ª e única doses), o que revela uma cobertura vacinal de 67,45%. No entanto, apenas 74.631 (20,62%) tomaram as duas doses e estão totalmente imunizados.

Para o chamado efeito de rebanho, é necessário chegar pelo menos a 70%, segundo especialistas. Por isso é essencial as pessoas não perderem a oportunidade de se vacinar, para voltarmos logo ao normal. Esses números da vacinação, levam em conta os moradores de Blumenau e os profissionais que fazem parte dos grupos prioritários, no entanto vivem em outras cidades.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS