quinta-feira, 23 setembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19: Blumenau registrou 62 casos novos e o terceiro dia sem mortes

Covid-19: Blumenau registrou 62 casos novos e o terceiro dia sem mortes

A taxa de ocupação dos leitos ativos de UTI covid está em 31,8% e atualmente há 291 pacientes em tratamento contra doença no município.

O número de casos novos de Covid-19 deu uma leve crescida em relação à média dos últimos dias. Hoje 62 pessoas receberam o diagnóstico positivo para o coronavírus, e desde ontem (2), foram realizados 642 testes pela prefeitura.

A boa notícia é que pelo terceiro dia consecutivo não foi confirmada nenhuma morte nova oficialmente pela Secretaria de Promoção da Saúde. Com isso permanece em 633, o total de óbitos em função das complicações causadas pela doença.

Atualmente há 291 pessoas em tratamento (257 em isolamento domiciliar), das quais 41 estão hospitalizadas, entre casos confirmados e suspeitos. Os leitos ativos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) estão com a taxa de ocupação em 31,8%, com 21 pacientes, praticamente todos (17) de Blumenau.

As enfermarias têm 20 pessoas em tratamento, apenas três delas são de outros municípios, deixando a taxa de ocupação em 11,3%. O Ambulatório para Casos Suspeitos de Coronavírus no Setor 3 do Parque Vila Germânica, os anexos montados nos Ambulatórios Gerais e do Hospital Universitário da Furb, realizaram 594 atendimentos, sendo 395 coletas para exames.

Nas últimas 24 horas foram aplicadas 995 vacinas da primeira dose contra a Covid-19, e 1.844 da segunda. Levando em conta uma população estimada em 366418 habitantes (IBGE 2021), a cobertura vacinal com alguma dose é de 94,71% (347.048), e de 31,53% (115.516),das pessoas que completaram as duas, sendo consideradas totalmente imunizadas.

Desde o início da pandemia, 64.870 moradores se infectaram com o SARS-COV-2, das quais 63.946 (98,58%) se recuperaram e não apresentaram mais sintomas. De todos os que se infectaram com o coronavírus em Blumenau, apenas 0,98% acabaram falecendo.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS