sábado, 8 maio 2021
Início Saúde Coronavírus Covid-19: Blumenau registra 88 casos novos e uma morte nesta sexta (30/04)

Covid-19: Blumenau registra 88 casos novos e uma morte nesta sexta (30/04)

BOA NOTÍCIA: os leitos de UTI de guerra estão zerados e os normais já tinham duas vagas.

Apesar dos 88 casos novos de Covid-19 e uma morte nesta sexta-feira (30/04/21) em Blumenau, o mês de abril termina com redução de ocupação dos leitos de UTI. Uma notícia animadora depois de tantas negativas neste primeiro quadrimestre do ano, mas que não pode baixar a guarda em relação aos cuidados para evitar a infecção.

Atualmente há 108 pacientes hospitalizados (entre confirmados e suspeitos), dos quais 64 estão em UTIs. Lembrando que a capacidade dos LEITOS SUS COVID é de 66, e atualmente não há nenhuma pessoa internada nos chamados leitos de guerra. Uma ótima notícia para o último dia de abril, em que a taxa total baixou para 68,1%. Dos internados, 51 são blumenauenses e 13 vieram de outras cidades.

Nas enfermarias, há 44 pessoas internadas, das quais 37 são de Blumenau e 7 de outras localidades. Os prontos-socorros dos hospitais prestaram 341 atendimentos, com 98 deles decorrentes de síndromes gripais.

Os Atendimentos Rápidos COVID-19 instalados em anexos nos Ambulatórios Gerais do município, no Hospital Universitário da Furb e no Setor 3 do Parque Vila Germânica; atenderam 363 pessoas e coletaram 284 amostras para realizar exames RT-PCR e Antígeno.

Durante todo dia, foram vacinadas 685 pessoas, totalizando 79.460 imunizações. Desde o início da pandemia já foram realizados 175.394 testes pela prefeitura, que resultaram em 51.079 diagnósticos positivos para o coronavírus. Desse total, 49.987 se recuperaram, 117 somente hoje, deixando a taxa de recuperação em 97,8%.

Infelizmente, uma mulher de 74 anos, que estava internada com Covid-19, não resistiu às complicações da doença e veio a falecer. Agora, já são 488 moradores de Blumenau que vieram a falecer em função da infecção do SARS-COV-2.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS