terça-feira, 28 setembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19: Blumenau confirmou 92 casos novos e a morte de um homem...

Covid-19: Blumenau confirmou 92 casos novos e a morte de um homem de 52 anos

Os dados são referentes até às 17h desta quinta-feira (29/07), quando a taxa de ocupação nos leitos da UTI COVID havia baixado para 65,2%.

Às 17h desta quinta-feira (29/07/21), a prefeitura de Blumenau atualizou o boletim coronavírus. Segundo a Secretaria de Promoção de Saúde, hoje foram registrados 92 casos novos nos 619 testes realizados.

Infelizmente também foi confirmada a morte de um morador de 52 anos, com comorbidades, internado desde o dia 30 de junho. Ele se soma ao total de 593 mortes por complicações causadas pelo coronavírus.

Nas Unidades de Terapia Intensiva há 43 pacientes internados, dos quais 37 são de Blumenau e seis de outros municípios do estado. Eles ocupam 65,2% dos 66 leitos ativos de UTI COVID disponíveis no município. Já as enfermarias estão 10,7% ocupadas, com 19 pacientes, apenas oito não moram em Blumenau.

Nos hospitais da cidade, 301 pessoas foram atendidas nos prontos-socorros, sendo que 63 delas apresentavam síndromes gripais. Nos Fast Tracks instalados nos Ambulatórios Gerais, incluindo o Hospital Universitário da Furb, foram realizadas 272 consultas e coletadas 118 amostras para exames RT-PCR e de antígeno.

Durante todo o dia, foram aplicadas 1.134 vacinas da primeira dose (167.746) e 2.690 da segunda (72.967). No total, o município já aplicou um total de 240.713 vacinas. A cobertura vacinal já chegou a 66,52% em Blumenau, levando em conta uma população de 361.855 habitantes (IBGE 2020), incluindo os profissionais dos grupos prioritários, muitos apenas trabalham na cidade e não moram.

Desde o início da pandemia, 60.835 pessoas se recuperaram da doença, representando 98,31% dos 61.971 infectados. Neste período, a prefeitura realizou 221.613 testes para identificar a presença do coronavírus no organismo.

Atualmente há 543 moradores infectados, dos quais 490 receberam a orientação de ficarem em isolamento domiciliar.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS