domingo, 28 fevereiro 2021
Início Geral Corpo de homem desaparecido durante vendaval é encontrado em Canelinha (SC)

Corpo de homem desaparecido durante vendaval é encontrado em Canelinha (SC)

 

 

 

 

Por volta das 11h45 desta segunda-feira (6/07/20), os Bombeiros Militares de Tijucas (SC), encontraram a décima primeira vítima do ciclone Bomba. O homem de 53 anos tentava atravessar uma ponte pênsil para pedestres de motocicleta durante os fortes ventos do dia 30 de junho.

Mas a estrutura cedeu e ele caiu nas águas do Rio Tijucas no município de Canelinha (SC). O corpo da vítima foi visto às margens de uma fazenda quando foi acionada a equipe de resgate.

Outro caso semelhante aconteceu em Brusque. A vítima também atravessava com sua motocicleta uma ponte pênsil que cedeu na Rua Aires Cardoso, que liga os bairros Limoeiro e Batêas. O homem de 28 anos só foi encontrado no sábado (4) preso em galhos nas águas do rio Itajaí-Mirim, a cerca de 700 metros de onde aconteceu o acidente.

As outras mortes foram de:
– Chapecó: uma idosa, de 78 anos, vítima de queda de árvore;
– Santo Amaro da Imperatriz: um homem, atingido por fiação elétrica;
– Tijucas: 3 vítimas após desabamento de galpão;
– Ilhota: um homem de 59 anos após a queda de um muro;
– Governador Celso Ramos: um homem de 59 anos;
– Rio dos Cedros: um homem de 73 anos;
– Itaiópolis: mulher, 37 anos, vítima de queda de árvore.

Além dos óbitos diretos por conta do ciclone, também foram registradas duas mortes por queda durante a reconstrução de casas. Os acidentes aconteceram nas cidades de Garuva e Piçarras.

Cuidados

Mesmo após o ciclone, é preciso ter cuidado para evitar novas ocorrências, por isso, é recomendado que a população não suba em telhados que estejam molhados, em árvores ou locais que estejam instáveis.

Nos casos de destelhamento a recomendação é que as pessoas não tentem subir em móveis, escadas ou no próprio telhado, para colocação de lonas, sem o equipamento de proteção individual para atuação em altura. Uma opção mais segura é proteger os móveis com as lonas, ou criar uma proteção interna.

Não tente reparar a rede elétrica por conta própria, chame um técnico especialista no assunto.

Cortes de árvore

O CBMSC realiza o procedimento de retirada de árvores quando estão interditando vias públicas ou quando há risco para uma residência. Não tente cortar árvores que estejam próximas a fiações, por risco de choque elétrico. Nos casos de risco acione o 193, caso não se enquadre nestas situações, deve ser acionado um serviço particular.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS