domingo, 28 novembro 2021
InícioEconomiaContran suspende resolução que obriga caminhões basculantes terem sistema de segurança

Contran suspende resolução que obriga caminhões basculantes terem sistema de segurança

 

Foi publicada nesta quinta-feira (10/05/18), no Diário Oficial da União, a deliberação nº 171/2018 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que suspende por um ano a necessidade de instalação de sistemas de segurança para a circulação de veículos e implementos rodoviários do tipo carroceria basculante.

“A decisão de suspender por mais um ano traz alívio para os caminhoneiros. A regra geraria um custo excessivo devido a colocação dos dispositivos e o pagamento de uma vistoria no Detran”, avalia o deputado federal Valdir Colatto (MDB-SC).

Em um veículo que tem valor de mercado de aproximadamente R$ 12 mil, são gastos entre R$ 3 mil e R$ 5 mil para a regularização. Os proprietários de caçamba não haviam sido informados sobre o início da vigência da legislação e por isso estavam sendo surpreendidos quando procuravam o órgão para renovar a documentação.

“Não tenho dúvidas que tivemos uma importante vitória. Muitos desses proprietários têm apenas um veículo e usam para sustentar a família, imagina o quanto eles teriam que trabalhar a mais para arrecadar o valor do investimento que pode chegar a um terço do valor total da caçamba? Ainda tendo que enfrentar a dificuldade de encontrar uma empresa que realizasse a alteração”, afirmou o deputado federal Patrício Destro.

Entenda

Em 2015, o Contran editou a Resolução Contran nº 563 que exigia a instalação de sistemas e implementos em cada caminhão basculante. Caso não fossem atendidas as exigências, os motoristas estariam sujeitos à multa, retenção do veículo para regularização e incorreriam em infração grave.

Em Santa Catarina, muitos empresários estavam encontrando dificuldade para encontrar quem fizesse a adaptação, além dos altos custos. As caçambas novas já saem de fábrica com o sistema.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS