domingo, 28 fevereiro 2021
Início Geral Conheça Louis Hermann Sachleben, comerciante e figura de destaque na Colônia

Conheça Louis Hermann Sachleben, comerciante e figura de destaque na Colônia

A historiadora Ana Maria Ludwig Moraes traz mais um pedacinho do que foi nosso comércio na sua coluna "Blumenau e suas histórias".

 

Por Ana Maria Ludwig Moraes | Historiadora

Comerciante e figura de destaque na Colônia, Louis Hermann Sachleben, teve uma boa formação educacional ainda na Alemanha, e antes de emigrar, formou-se jardineiro na empresa Dippe e Irmãos em Erfurt. No Brasil, com domínio do idioma nacional, adaptou-se com facilidade à vida do país.

Empregou-se na fazenda de José Henrique Flores em Gaspar e com o auxílio deste e Otto Stutzer, fundou uma serraria. Após esta incendiar-se por completo, Luiz Sachleben mudou-se para Blumenau e iniciou novos negócios no ramo de madeiras, tornando-se exportador.

Em 1869, segundo palavras de Piazza, Sachleben fundou, “(…) Sociedade de Consumo da Colônia de BIumenau (Konsum-Verein Kolonie Blumenau), sociedade por ações, a dez mil réis cada uma. Quem não possuisse dinheiro suficiente, (…) [como] os imigrantes, recém chegados, [estes] podiam ingressar com a quantia de dois mil réis, pagando o restante em prestações…(…)”39

Esta sociedade durou dez anos e esteve sempre nas mãos de Sachleben. Pela ausência de moeda, emitiu vales que os associados podiam utilizar para suas trocas comerciais. A sociedade não comercializava artigos de luxo e durou dez anos.

“No final deste prazo, Sachleben se estabeleceu por conta própria, na sede da Colônia, com negócio de fazendas, armarinhos, chapéus, etc., e mantendo uma firma exportadora, especialmente de madeira e fumo, além de outros produtos coloniais, que possuía filiais em Brusque, Indaial e Rio do Têsto (hoje Pomerode), onde também tinha uma fábrica de sabão.”40

 

Recém-chegado

Camisas de linho branco, golas e abotoaduras, gravatas, camisas esporte, tecidos para roupas masculinas, tecido de lã para roupa feminina, lenços femininos de lã; aplicações em algodão, lã, seda e de pérolas, em todas as cores; fitas de seda, cintos femininos, alianças de ouro autêntico, carteiras, toalhas oleadas.

Hermann Sachtleben
(ano 1900)

 

Ele ainda fundou a Cia de Navegação Fluvial Itajaí-Blumenau mantendo o controle acionário. A frota começou com o vapor “Progresso”, e ampliou com a compra do vapor “Blumenau” mais espaçoso, potente e com maior capacidade de carga, teve sua primeira viagem em 14 de outubro de 1894.

Foi na viagem para compra do vapor “Blumenau” que Luiz Sachtleben adoeceu e veio a falecer na Alemanha em 1895.

Na comunidade exerceu diferentes cargos honoríficos tais como juiz de paz, juiz municipal, delegado de polícia, vereador etc. Foi eleito para a primeira Câmara Municipal de Blumenau, no dia 1º de julho de 1882.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS