sábado, 4 dezembro 2021
InícioGeralConfira as principais medidas da prefeitura de Blumenau para conter o coronavírus

Confira as principais medidas da prefeitura de Blumenau para conter o coronavírus

 

 

 

 

Esta noite de terça-feira (17/03/20) foi realizada mais uma reunião de colegiado que reúne secretarias e outros órgãos municipais da cidade. Depois os principais pontos foram comunicados para a população através de uma transmissão ao vivo pela internet. Confira o que irá mudar.

A partir de quinta-feira (19/03/20) estão canceladas todas as aulas nas redes de ensino municipal, estadual e particulares em Blumenau. Isso também vale para os Centros de Educação Infantis. Quem quiser deixar seus filhos amanhã (18) em casa não sofrerá qualquer prejuízo no ensino. A medida se baseia no decreto do governador Carlos Moisés e vale como uma antecipação das férias escolares de julho.

Quanto ao ano letivo, no primeiro momento será levada em conta a preservação das vidas. As mudanças serão realizadas depois que a crise do coronavírus amenizar. O prefeito Mário Hildebrandt lembrou que se trata de uma situação nacional que pode mudar o calendário educacional. Por isso todas as unidades educacionais estarão fechadas.

Todas essas ações estão sendo feitas para evitar a circulação das pessoas e assim o risco de contraírem o Covid-19 (coronavírus). Por isso a orientação é que todos fiquem em casa, em especial os que fazem parte dos grupos de risco, como idosos, aos quais se recomenda o máximo de isolamento.

Também irão ocorrer mudanças no transporte coletivo a partir de quinta. Sem as aulas e a redução de todas as atividades externas, o número de passageiros irá reduzir. Com isso as linhas escolares serão redirecionadas para as troncais que transportam o maior número de pessoas. Como uma estratégia de combate ao Covid-19, continua o trabalho de higienização diária nos ônibus.

A prefeitura também atualizou o número de casos suspeitos de coronavírus em Blumenau, que aumentou de 8 para 10 de ontem para hoje. O caso que foi confirmado por uma unidade de saúde particular aguarda a confirmação do laboratório Lacen de Florianópolis, o que deve acontecer no máximo em 72 horas. Caso o resultado seja positivo, então sim será considerado um caso confirmado. Por enquanto continua sendo suspeito.

Nos últimos dias houve um movimento maior nas rodoviárias, por isso o governador Carlos Moisés determinou a suspensão do transporte coletivo interestadual e intermunicipal nos próximos sete dias.

O Seterb também comunicou que ficam cancelados todos os eventos de rua ou espaços públicos da cidade. Outro detalhe importante é o pedido para que os motoristas tenham mais cautela no trânsito. Hoje (17) houve um número maior de acidentes, motoristas conduzindo seus veículos em alta velocidade e avançando o sinal vermelho. Com isso foi necessário aumentar a fiscalização para evitar mais problemas de trânsito.

O SAMAE também comunicou que a equipe será reduzida, mas sem prejuízo no abastecimento. Os servidores trabalharão no sistema de rodízio e foi feita uma reprogramação das compras dos químicos usados no tratamento da água. Elas serão feitas a cada 10 dias, em vez de 20 como era antes.

Quem precisar falar com a autarquia deve procurar primeiro o atendimento por telefone ou no chat online. O Museu da Água ficará fechado e as visitações na Estação de Tratamento de Água estão suspensas.

A Defesa Civil preparou um Plano de Contingência através do Grupo de Ações Coordenadas (Grac), que neste momento irá apoiar as ações da secretaria de saúde, seguindo os protocolos dos Ministérios da Saúde, Educação, entre outros.

No momento a prioridade em relação ao Covid-19 são os idosos. Para ajudar a tirar dúvidas deverá ser montado a partir do dia 23 de março a Central do Idoso. Uma equipe que terá o apoio de estudantes de medicina da Furb vai orientar prioritariamente por telefone.

A prefeitura também pede que as pessoas só procurem as unidades de saúde se houver sintomas mais graves, como dificuldade de respirar mais intensa, tosse, febre, entre outros da Covid. Quem estiver com coriza, falta de ar leve ou outras sensações consideradas menos fortes, deve permanecer em casa. A intenção é evitar a superlotação das unidades de saúde.

A partir de amanhã (18), os servidores da saúde estarão recebendo materiais de proteção para o seu trabalho. A Policlínica está trabalhando normalmente, mas muitas consultas serão remarcadas ou adiadas, principalmente os idosos que terão um tratamento diferenciado.

Quanto à demora nos exames laboratoriais, foi lembrado que agora estarão sendo realizados de 48 a 72 horas pelo laboratório LACEN em Florianópolis. Vai depender da demanda. Mas é melhor do que antes quando era mandado para a Fio Cruz no Rio de Janeiro.

A Prefeitura de Blumenau reforça que a cidade se mantém em Nível 1, ou seja, estado de alerta e sem casos positivos confirmados por laboratórios oficiais. Não há necessidade de pânico, nem de estocar alimentos, itens de higiene e limpeza, entre outros artigos. O ideal é evitar a circulação desnecessária, em especial entre os grupos de risco.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS