domingo, 17 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Eventos Coletivo organiza manifestação “Justiça para Daiana, Justiça para todas” em Blumenau

Coletivo organiza manifestação “Justiça para Daiana, Justiça para todas” em Blumenau

02:52

 

 

 

 

O coletivo de mulheres “8M Blumenau Santa Catarina” agendou uma manifestação às 18h desta sexta-feira (27/11/20) na Praça Dr. Blumenau. Ela fica localizada na esquina das ruas XV de Novembro e Nereu Ramos, no Centro de Blumenau.

“Justiça para Daiana, Justiça para todas” quer chamar atenção para o tema de violência contra a mulher. O tema ficou ainda mais evidente depois do assassinato de Daiana dos Santos da Silva, de 27 anos, morta com golpes de faca na manhã de quinta-feira (26) no estacionamento do salão de beleza onde trabalhava.

Quem quiser participar está sendo orientado a vestir roupas pretas e levar velas. A organização do ato lembra da importância de respeitar o distanciamento social e usar máscaras de proteção.

Segundo o movimento, nos últimos três anos,  198 mulheres foram assassinadas pelos seus companheiros, namorados ou ex-parceiros em Santa Catarina. Daiana foi a 46ª vítima desse mesmo tipo de crime em 2020.

O objetivo não é ter mais medidas punitivas, o que a legislação já cobre. “Queremos ação do executivo no sentido de prevenir as violências, de acolher as mulheres vítimas de relacionamentos abusivos com uma rede forte e bem equipada, de educar meninos e meninas sobre consentimento e não-violência, com um currículo que fale sobre gênero, de termos uma Secretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres e um Conselho dos Direitos da Mulher em Blumenau”.

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS

Vídeo: rio Itajaí-Açu passa dos 5 metros e ameaça carro estacionado no Centro de Blumenau

Com isso chega ao nível de atenção. Desde a zero hora até às 13h desta quinta-feira (17/12) o volume de água dobrou.

Jovem de 25 anos morre afogado no rio Encano, em Indaial (SC)

Os Bombeiros Voluntários foram acionados às 16h19 desta sexta-feira (25/12) e chegaram a levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu.

Mais de 10 corpos foram resgatados sem vida na tragédia de Presidente Getúlio (SC)

Um deles é de uma criança com idade entre 4 e 5 anos. As vítimas estavam entre escombros após serem levadas pela correnteza durante a enxurrada.

Portaria fixa novas regras para pagamento de pensões por morte

Medida define os períodos de término do benefício de acordo com a idade.