terça-feira, 30 novembro 2021
InícioEstadualCiasc amplia velocidade da rede entre cidades catarinenses

Ciasc amplia velocidade da rede entre cidades catarinenses

Com objetivo de melhorar a capacidade de transporte de dados entre os municípios de Santa Catarina, o Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) expandiu os enlaces principais da sua rede, ou seja, o backbone. “Com esta ampliação ganhamos muito mais velocidade nas conexões, melhorando assim a experiência do usuário de qualquer tipo de aplicação, seja simplesmente dados ou multimídia, como vídeo, voz e até mesmo telepresença”, explica o presidente da empresa, João Rufino de Sales.

Há alguns meses, a infraestrutura que liga as cidades Florianópolis, Blumenau e Joinville foi expandida em um circuito de 10 Gbps para cada localidade. As cidades beneficiadas são Balneário Camboriú, Itajaí e Jaraguá do Sul, neste momento. A solução contemplou a ampliação dos equipamentos multiplexadores, chamados de Dense Wavelength Division Multiplexing (DWDM), de propriedade do Ciasc. De acordo com Rufino, toda a solução é gerenciada pela empresa e vai propiciar novos serviços e atendimento de clientes com mais rapidez, eficiência e segurança.

“Com esta ampliação os links interurbanos, que são contratados de terceiros, podem passar a ser providos pelo Ciasc a um custo muito baixo, tornando a empresa competitiva com outros players do mercado”, conta o gerente de rede da empresa, Flávio Ramos. Segundo ele, os DWDMs permitem ampliar o alcance do sinal em uma fibra óptica, bem como entrar com diferentes frequências de ondas em um único par de fibras. “Nossa solução permite até vinte conexões simultâneas, aproximando o litoral ao planalto serrano, que será o próximo passo na expansão da rede”, explica Rufino.

O trabalho conta com a parceria da empresa Eletronet e das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). As fibras interurbanas foram obtidas em acordos de troca de meios, no qual cada parceiro continua responsável pela sua planta física, mas cede o direito de configurar o transporte para outra parte.

“São os caminhos do desenvolvimento e da inovação digital que Santa Catarina necessita para continuar sua trajetória de sucesso rumo ao futuro que todos catarinenses desejam. Implementar caminhos digitais, com largura adequada segurança e eficiência, é colocar as pessoas em primeiro lugar”, reforça Rufino.

Texto: Michelle Nunes de Oliveira
via Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS