terça-feira, 22 junho 2021
InícioBairrosTesto SaltoChuva de até 172 mm causa alagamentos e deslizamentos no Vale do...

Chuva de até 172 mm causa alagamentos e deslizamentos no Vale do Itajaí

Moradores precisaram ser retirados de suas casas, seja por estarem ilhados ou risco de desabamento.

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um alerta na manhã de terça-feira (8/06/21) informando sobre a possibilidade de fortes chuvas, que continua valendo para esta quarta (9). Entre as cidades mais atingidas no Estado pelo volume de chuva, no acumulado das últimas 24h (medição das 9h38), em Canelinha chegou a 288 mm. Mas a média foi de 127,6 mm.

Alagamentos e deslizamentos causaram mais uma vez prejuízos para moradores de várias cidades do Vale do Itajaí. Em Blumenau não foi registrada nenhuma ocorrência.

Em Brusque foram contabilizados quatro alagamentos em via pública, um deslizamento em rua e outro em uma casa, além da queda de um muro. O volume acumulado de chuva foi chegou a 97 mm e a força das águas do Ribeirão Tavares, fez com que algumas pontes pequenas cedessem no bairro Limeira Baixa.

Mas em termos de volume de água, Itajaí registrou um acumulado com cerca de 108 mm, como previsto pela Defesa Civil de SC. Durante toda a madrugada de hoje, os Bombeiros Militares atenderam 18 ocorrências, a maioria causada por alagamentos e cortes de árvores, principalmente nos bairros Paciência, Fazenda, Dos Cunha, Brilhante e Limoeiro.

O município está em estado de atenção, em função do solo encharcado que pode ocasionar deslizamentos.

Os bairros Centro, Boa Vista e Ilhotinha, no município de Ilhota, registraram vários pontos de alagamentos. Em três ocorrências, os Bombeiros Voluntários ajudaram idosos e crianças a saírem de suas casas ilhadas. Mas depois a água baixou e agora todo o prejuízo precisa ser recuperado.

Deslizamento de Terra na Avenida Panorâmica, no bairro Estados, em Balneário Camboriú.

Em Balneário Camboriú houve alagamentos em pelo menos 15 ruas, em especial no bairro Monte Alegre. Uma família precisou ser retirada do imóvel por oferecer risco de desabamento.

A Defesa Civil do município também precisou interditar a Avenida das Flores para que a água da pista escoasse. Um trecho da calçada na Avenida Panorâmica também precisou ser interditado por causa de um deslizamento, mas já foi liberado. As últimas duas ocorrências ficam no bairro Estados.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS