sexta-feira, 21 janeiro 2022
InícioGeralCelesc fará a troca das comportas da Usina Salto

Celesc fará a troca das comportas da Usina Salto

 

Por Sabrina Domingos

Na terça-feira (19/6/18) a Celesc dará início aos trabalhos para a troca das comportas da Usina Salto, em Blumenau. O reservatório será totalmente esvaziado e haverá interrupção do fornecimento de água na cidade por duas horas pela manhã e uma hora à tarde, quando uma equipe técnica irá inspecionar o local e tirar as medidas para a fabricação da nova estrutura, que garantirá mais segurança e qualidade ao funcionamento da usina.

A instalação das novas comportas está prevista para ocorrer ainda durante o inverno, quando o consumo de água na cidade é reduzido em relação aos demais períodos do ano. Com um investimento de R$ 1,048 milhão, a obra será executada pela empresa Hydrokan Service, de Herval D’Oeste, contratada pela Celesc por meio de licitação.

SAIBA MAIS

A necessidade de baixar o nível do canal para realizar manutenções na Usina Salto tem se tornado mais frequente nos últimos anos em função do desgaste da estrutura centenária. Esse procedimento acaba interferindo no abastecimento de água na cidade, pois um dos pontos de captação da SAMAE fica a poucos metros das comportas de entrada da Usina Salto.

O impacto das manutenções para a população de Blumenau será definitivamente resolvida com a troca das comportas, que passarão a oferecer mais segurança aos técnicos que trabalham em áreas alagadas da usina, sem a necessidade de esvaziar o reservatório para novas manutenções.

“Durante a instalação das comportas, será necessária a compreensão dos moradores por alguns dias em que o abastecimento será interrompido em momentos pontuais ao longo do dia. Após esse período, entretanto, não haverá mais necessidade frequente de rebaixar o nível do canal para manutenções, o que trará um benefício duradouro para a cidade e permitirá que a usina opere em capacidade plena”, afirma o chefe de operação e manutenção de usinas da Celesc Geração, Flávio Spolaor.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS