Câmara de Vereadores de Blumenau aprova extinção de 25 cargos comissionados

A redução irá gerar uma economia de aproximadamente R$ 2,5 milhões por ano aos cofres públicos.

613
Foto: Renan Olaz | Agência CamaraBlu

Na última sessão deste ano, realizada nessa quinta-feira (17/12/20) em caráter extraordinário, a Câmara de Vereadores aprovou o Projeto de Resolução da Mesa Diretora, extinguindo 25 cargos efetivos da estrutura administrativa do Legislativo, além de um cargo comissionado dos 15 gabinetes dos parlamentares.

Isso irá gerar uma economia de aproximadamente R$ 2,5 milhões por ano aos cofres públicos. “Não havia mais previsão de se fazer concurso para o preenchimento desses cargos. O quarto cargo, de coordenador político nos gabinetes, também já não era ocupado, mas agora foi extinto com esta proposta”, explicou o presidente da Câmara, Marcelo Lanzarin (Podemos), destacando a importância dessas medidas representam para o enxugamento da máquina administrativa, tão defendida pela sociedade e gestores públicos. “A Câmara de Vereadores de Blumenau cumpre assim seu papel dentro desta perspectiva”, reforçou Lanzarin.

Além do cargo em comissão de coordenador político dos gabinetes, foram extintos os seguintes cargos efetivos, conforme o Projeto de Resolução 588, que altera dispositivos da Resolução Nº 423: 1 Administrador; – 2 (dois) cargos de Agente Legislativo (Especialidade Área Administrativa); 3 (três) cargos de Agente Legislativo (Especialidade Área Legislativa);– 13 (treze) cargos de Auxiliar Legislativo; – 1 (um) cargo de Assistente Legislativo (Especialidade Recepcionista/Telefonista); – 1 Assistente Social; – 3 (três) cargos de Contador; – 1 (um) cargo de Motorista Parlamentar. Também deixarão de existir o cargo de Jornalista e de Motorista Oficial, quando forem definitivamente desocupados. Atualmente há duas servidoras jornalistas e um motorista oficial na Câmara.