segunda-feira, 25 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Geral Bombeiros Voluntários remontam árvore de Natal em praça antes de deixar Presidente...
- Propaganda -

Bombeiros Voluntários remontam árvore de Natal em praça antes de deixar Presidente Getúlio (SC)

A ação deixa uma mensagem de reconstrução e esperança para a comunidade, depois de 5 dias de buscas e 18 mortos na cidade. Confira o vídeo.

11:03

Imagens: Bombeiros Voluntários de SC

Desde que foi encontrado o corpo da última pessoa desaparecida em Presidente Getúlio (SC) na terça-feira (22/12/20), começou a operação de desmonte das equipes que auxiliaram as buscas nos últimos cinco dias. O Sr. Walter Kloth, tinha 87 anos e morava no bairro Ribeirão Revólver, a área mais afetada pelo evento climático.

Um dia trágico para a cidade, que ficará marcado na história pela morte de 18 pessoas, dezenas de desabrigados e perda de pertences acumulados durante anos de trabalho. O município tem uma base dos Bombeiros Voluntários, que foram os primeiros a atender a comunidade após a enxurrada levou carros e casas com a força da correnteza.

Depois do trabalho finalizado ontem (22), eles começaram a se preparar para deixar Presidente Getúlio. Mas antes disso, um gesto simples de esperança e lembrança da época que estamos vivendo.

Foi montada uma árvore de Natal que ficou sobre uma carroça na Pracinha, como é chamada carinhosamente a praça Otto Muller, no centro da cidade. O gesto final foi registrado em vídeo e fotos, que também mostrou todo o amor e dedicação dos inúmeros bombeiros que trabalham voluntariamente.

A decoração contou com peças doadas, bolas e enfeites descartados após a enxurrada e balões brancos em memória dos 18 mortos. “Será um momento de solidariedade, de passar mais uma mensagem de apoio. Nosso desejo é que a comunidade participe”, disse o comandante da corporação de Presidente Getúlio, Alex de Lima.

Este foi o segundo momento de reflexão proposto pelos bombeiros voluntários. No sábado passado (19), às 15h, as equipes de bombeiros e do Exército fizeram uma pausa nas buscas e trabalhos de recuperação da cidade para reverenciar a memória dos 15 mortos localizados até aquela data.

Desde o início do evento climático, na noite do dia 16, foram mobilizados 350 bombeiros voluntários de 18 corporações com o suporte de 23 veículos de emergência, drone, estação móvel de radiocomunicação e cinco binômios (bombeiro e cão de busca) – unidades de Caçador, Ilhota, Joinville, Lontra e Presidente Getúlio.

O trabalho foi coordenado a partir de um posto de comando-geral, instalado na unidade dos bombeiros voluntários de Presidente Getúlio, e um posto de comando operacional, montado na área afetada pelos deslizamentos de terra. Os voluntários cooperaram com o Corpo de Bombeiros Militar de SC e coordenados pela Defesa Civil.

O Alto Vale do Itajaí contabilizou um total de 21 mortos,  18 em Presidente Getúlio, dois em Rio do Sul e um em Ibirama. Confira os nomes identificados pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), sendo cada cidade identificada pelas iniciais de suas respectivas cidades.

Dia 17

PG 1 – Ariel Pereira (nome no prontuário civil), (5 anos)
PG 2 – Pâmela Taís Miranda (19 anos)
PG 3 – Francieli Hamm Wiese (34 anos)
PG 4- Verá Kloth Odorizzi (48 anos)
PG 5- Alexia Correa do Nascimento(19 anos)
PG 6- Daniel Wiese (44 anos)
PG 7- Dieter Wiese, (50 anos)
PG 8- Elsa Hilma Wiese (82 anos)
PG 9- Lourdes Sehnem (57 anos)
PG 10- Lino Leopoldo Sehnem (89 anos)
PG 11- Andrei Rangel Bozan (28 anos)
IBI 1 – José Scaravonatto (44 anos), localizado em Ibirama

Dia 18:

PG 12- Bruna Ruseler Bozan, (27 anos)
RSL 1 – Aldo Cava (67 anos), localizado em Rio do Sul

Dia 19:

RSL 2 – Eduvina Vicentin (79 anos), localizado em Rio do Sul

Dia 20

PG 13- Lucilla Erhardt Sehnem (83 anos)
PG 14- Alice Kloth (78 anos)

21/12/2020

PG 15 – Mara Rovena Zink (66 anos)
PG 16 – Adriana Suchara Wiese (52 anos)
PG 17 – Mateus Wiese (17 anos)

22/12/2020

PG 18 – Walter Kloth (87 anos)

 

Confira nesta galeria de imagens como era a praça antes de ser destruída.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS