quinta-feira, 9 dezembro 2021
InícioEconomiaBMW anuncia investimento de R$ 500 milhões na unidade catarinense

BMW anuncia investimento de R$ 500 milhões na unidade catarinense

Serão lançados em breve os modelos X3 M40i, X4 xDrive 30i M Sport e o X4 M40i. Este último será o veículo mais potente e tecnológico feito no Brasil, com motor de 387 cavalos.

Menos de seis meses após o início das vendas na Europa, a fábrica de Araquari começará a produzir no Brasil todas as versões a combustão dos novos BMW X3 e X4 para o mercado nacional.

A empresa anunciou nesta quinta-feira (18/11/21) que investirá na R$ 500 milhões na fábrica de Araquari (SC), para desenvolver novas tecnologias mundiais com engenharia brasileira na preparação e melhoria da linha de produção, além de possibilitar a execução de projetos ligados à Engenharia, Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil.

Também serão lançados, em breve, os X3 M40i, X4 xDrive 30i M Sport e o X4 M40i. Este último será o veículo mais potente e tecnológico feito no Brasil, com motor de 387 cavalos. A cereja do bolo, porém, vem mais para a frente: a unidade de de Araquari vai receber a produção de um modelo BMW inédito no futuro próximo, que será revelado em breve pela matriz, na Alemanha.

Preocupação sustentável

Todas as atividades da unidade estão em linha com os objetivos ambientais globais do BMW Group 2030: reduzir a emissão de CO² em 80% na produção, em 50% no uso do carro por quilômetro rodado e em 20% na cadeia de fornecimento.

A fábrica de Araquari é neutra em emissão de CO². Em um ano, reduziu seu impacto ambiental e trabalhou na diminuição do consumo de energia em mais de 3 mil MW/h (megawatts/hora), no consumo de água em quase 2 milhões de litros e na redução de geração de lixo em mais de 6 toneladas. De 2019 até agosto de 2021, foram: 21% de redução no consumo de energia, 29% na redução do consumo de água e 72% de redução em descartes gerados.

Os números também são positivos na instalação dos painéis fotovoltaicos no telhado da produção, que cresceram de 562 painéis para 1.372 placas solares, gerando 788 MW/h de energia e atingindo o objetivo de reduzir em 20%o a emissão de CO². Além disso, dois projetos que estimulam a Economia Circular foram criados pelo time da fábrica e merecem destaque.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS