quinta-feira, 28 outubro 2021
InícioAnimaisBlumenauense, adote um amiguinho!

Blumenauense, adote um amiguinho!

 

No ano de 2015 uma discussão muito forte com relação aos animais domésticos veio à tona, através dos grandes meios de comunicação. De acordo com dados do IBGE, os brasileiros têm mais animais de estimação do que crianças em seus lares. Isso demonstra a importância dos nossos amiguinhos, que na grande maioria dos lares tornam-se membros da família.

Esse “boom” do mundo pet fez com que vários mercados se desenvolvessem, fomentado a economia por áreas totalmente novas. Uma das práticas que já existe a muito tempo, mas vem se popularizando cada vez mais, é a reprodução de animais de raça para comercialização. Isso fez com que ativistas da área animal iniciassem um debate sobre a importância em adotar um animal abandonado e não comprar um animal de raça!

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), estima-se que no Brasil existam cerca de 30 milhões de animas abandonados. Esse dado é bastante relevante por vários fatores. Além da questão de maus-tratos e defesa dos animais, esses seres abandonados representam também uma questão de saúde pública, podendo tornarem-se transmissores de doença, além de protagonistas de possíveis incidentes como atropelamentos, podendo causar danos maiores. Lembrando também a importância de um controle sobre a população animal, que no caso de animais abandonado inexiste, afinal não há como fazer uma política de castração.

Os municípios brasileiros, assim como Blumenau, buscam fazer um trabalho de controle da população animal, que no caso blumenauense acontece através do CEPREAD (Centro de Prevenção e Recuperação de Animais Domésticos). O CEPREAD oferece atendimento médico veterinário aos animais, seja por estarem feridos, doentes, terem sido vítimas de maus-tratos, atropelados ou até mesmo envenenados.

O objetivo é além de tratá-los, também atuar na parte preventiva, tais como: vacinar, vermifugar, castrar e microchipar (identificação), disponibilizando-o saudável para a adoção, através de uma posse responsável.

Pensando em tudo isso, OBlumenauense começa esse mês de março contando a história de alguns blumenauenses que mudaram suas vidas em prol desses animais que precisam de adoção, cuidam deles em seus lares, e dedicam grande parte de sua vida para que os animais de rua possam ter uma família. Cada um de nós pode ser um pai/mãe adotivo/a para um animal abandonado!

Em Blumenau existem várias ONG’s que se dedicam a esse trabalho, nosso objetivo através das entrevistas é mostrar que cada um de nós pode ajudar, se dedicando um pouco a causa animal! Confira abaixo a primeira de quatro entrevistas, esta realizada com um casal que dedica sua vida a alguns amiguinhos que encontraram pelas ruas de nossa cidade.

João Paulo Taumaturgohttps://www.facebook.com/amoblumenau
De formação administrador, mas comunicador por paixão. Procuro trazer pontos de vista sobre os mais variados assuntos. Amo Blumenau.

MAIS LIDAS